Prefeitura de Divinópolis apresenta projeto “Cidades Excelentes” com contratação de empresa de gestão


Em uma audiência pública realiza nessa quinta-feira (11), a Prefeitura de Divinópolis apresentou o Instituto Áquila, de sistema integrado de gestão de ativos, para a consultoria e assessoria de manutenção de custos do Executivo.

Na apresentação, a empresa disse que sua missão é deixar a cidade “infinitamente melhor” através da interdependência entre os processos de manutenção, otimização do processo de manutenção e reduzir os eventos de falhas, controle do trabalho e descentralizar as atividades, além de estruturar a manutenção do dia-a-dia.

A companhia ainda apresentou alguns dados de gastos, com base nos números dos portais oficiais. O principal foco do projeto é melhorar o desemprenho da cidade no indicador Áquila, mas a empresa não apresentou profundamente os índices que compõe esse indicador.

“Acho extremamente urgente e importante para a cidade que se amadureça e se eleve o nível da gestão aqui. Parabenizo Gleidson e Janete por isso”, declarou a ex-candidata a prefeita, Laiz Soares, que acompanhava remotamente a reunião.

A proposta é transformar as estrutura administrativo-burocrática do município em modelo mais flexível e empreendedor por meio do programa Cidades Excelentes. De acordo com a vice-prefeita, Janete Aparecida, a finalidade do programa é desdobrar as ações do governo em todos os níveis da prefeitura, aumentando a transparência e deixando um legado de excelência para a cidade. “Precisamos de pessoas capacitadas ao nosso lado. Trazemos uma proposta importante não só na presente administração, mas também para os futuros governos. Reinventar, começar de novo. Essa é a nossa proposta para Divinópolis”, destacou.

O valor que o Executivo pretende repassar à Áquila é de R$ 80 mil, com retorno de R$ 25 milhões, porém, de acordo com a vice-prefeita, Janete Aparecida, não haverá pagamento sem índice positivo. O prefeito, Gleidson Azevedo, foi enfático em afirmar que só assinará contrato se houver um relatório mensal, como pedido pelos vereadores.

“Se foi garantido aqui que não houve ônus para a Prefeitura e nenhum contrato foi assinado antes de falar com a gente (vereadores), está super tranquilo, é legal inclusive, que isso seja uma (prerrogativa) para vocês. É só mesmo para vocês ouvirem essas solicitações (propostas pelos vereadores) para que possamos caminhar juntos isso e fortalecer esse contrato. O que o prefeito falou, – quanto a assinatura do contrato – me deixou extremamente satisfeita, principalmente por essa sugestão ter partido da própria vice-prefeita”, salientou a vereadora, Lohanna França.

Para a maioria dos vereadores, esse modelo de financiar de forma privada economiza recursos públicos e traz celeridade ao processo. A exemplo das parcerias público-privado das restaurações das praças públicas.

A Prefeitura realizará a segunda audiência no Plenário da Câmara para apresentação do programa Cidades Excelentes à população em geral, segundo a classificação de onda vigente para o município, com transmissão ao vivo nas redes sociais do município.

Instituto Áquila

​ O Instituto Áquila é uma empresa de Consultoria em gestão profissional para melhoria de resultados através de metodologia própria, com ampla experiência no setor público, que inclui prefeituras e governos estaduais. A entidade possui mais de 1.500 projetos desenvolvidos, entre os quais está a implantação do critério de meritocracia no serviço público, possui uma equipe composta por cerca de 500 consultores habilitados a entregar os resultados propostos.

O projeto Cidades Excelentes é o resultado de mais de 20 anos de trabalho com o setor público. Nesse período, o Áquila identificou o que faz uma cidade ser considerada excelente por seus munícipes: ela precisa ter excelência fiscal, para melhorar os investimentos, transparência nas ações governamentais e bons indicadores na educação, saúde, infraestrutura, mobilidade urbana e no seu desenvolvimento sócio econômico.

O objetivo do projeto é trazer para Divinópolis esses conceitos e auxiliar a administração a tirar suas propostas do papel, criando um ambiente favorável para a atração de negócios e prestação de serviços à população. Essa parceria trará a Divinópolis uma melhor gestão pública e que ela volte a ser referência em sua região.

8 comentários em “Prefeitura de Divinópolis apresenta projeto “Cidades Excelentes” com contratação de empresa de gestão

  • 6 de maio de 2021 em 12:02
    Permalink

    Engraçado ! O município gastar dinheiro contratando instituto pra fazer projeto e todas as cidades em volta de Divi e até do país fazendo sem custo nenhum pro município … O dinheiro ta sobrando mesmo !

    Resposta
  • 12 de março de 2021 em 20:40
    Permalink

    E quanto custará esse contrato??? O Wil não deu o resultado prometido 🤭?!!!

    Resposta
  • 12 de março de 2021 em 20:34
    Permalink

    Não seria hora de comprar vacinas

    Resposta
  • 12 de março de 2021 em 20:33
    Permalink

    É necessário?
    Tanta gente passando fome e doente em Divinópolis.
    Aprenda primeiro cebolinha e depois candidate-se.
    Sem chororô cadê a Monica sua vice que mais parece o Rodela.

    Resposta
  • 12 de março de 2021 em 20:12
    Permalink

    ah uma profiçao dento da prefeitura que so pode ser exercida mediante concurso publico PROVA ESCRITA E PRATICA carteira de motorista FUNÇAO REMUNERADA mas o que se ve e qualquer um diregindo carro publico pago pelos impostos do cidadao sendo assim cometendo claro desvio de funçao e nem o SINTRAN e o MP sabedores disso nao procuram esclarecer essa situaçao DEUS SEJA LOUVADO AMEM

    Resposta
  • 12 de março de 2021 em 19:36
    Permalink

    Isso é no mínimo loucura. Sem noção. É privatizar os serviços que são verdadeiramente de responsabilidade do prefeito e povo. Isso me cheira corrupção. Essa vice prefeita não sabe que lado é a estrada para chegar ao sucesso. Vai acabar de enterrar essa terra de ninguém.

    Resposta
  • 12 de março de 2021 em 19:30
    Permalink

    Furada!!! Isso não vai acabar bem!

    Resposta
  • 12 de março de 2021 em 18:38
    Permalink

    A hora que ouço a palavra”meritocracia” começo a passar mal

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  37  =  43