Hospitais de Divinópolis recebem mais 9 pacientes/covid-19 do colapsado município de Coromandel


Após ter recebido no sábado (13), dois pacientes/covid-19 em estado graves que foram internados no hospital de Campanha da UPA Padre Roberto, neste domingo (14) Divinópolis recebeu outros 9 pacientes com covid para foram internados 2 no Hospital São João de Deus e 7 foram também para o hospital de Campanha da UPA.

O transporte aéreo foi realizado pelos Bombeiros Militar por meio do Batalhão de Operações Especiais (BOA), e com o apoio local do 10º BBM. Já o translado terrestre foi realizado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Os pacientes/covid estão sendo transferidos de Coromandel para Divinópolis por decisão do Sistema Estadual de Regulação (SUSFÁCIL), que verifica na rede de atendimento covid a situação de ocupação de leitos. Como as cidades mais próximas de Coromandel, que são Uberlândia e Uberaba estão colapsada, no limite do atendimento covid-19 e os índices de ocupação do Hospital de Campanha e do HSJD,  tanto nas UTI´s, quanto em enfermarias, de acordo com o que foi informado pela Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis, pelo ‘GRAFICO DE OCUPAÇÃO HOSPITALAR’ de sexta-feira (12), apontando que dos 40 leitos CTI, somente 13 estavam sendo ocupados, e dos 48 leitos em enfermaria, só 25 estavam em uso, baseado em tais dados a Regulação Estadual definiu que a cidade mais próxima de Coromandel que não chegou a níveis críticos da Covid, é Divinópolis.

Contudo, existe uma discrepância de números informados entre o ‘GRAFICO DE OCUPAÇÃO HOSPITALAR’, e o ‘PAINEL DO INFORME EPIDEMIOLÓGICO’, neste último, os números são os seguintes: total de pacientes em C.T.I/COVID são 37, e não 13 como está assinalado no ‘GRAFICO DE OCUPAÇÃO HOSPITALAR’, também existe disparidade no número total de pacientes em enfermaria, que no ‘PAINEL’ são apontados 50 e não 25. Também no resumo que é enviado pela Diretoria de Comunicação, os números absolutos informados são os mesmo do PAINEL, só que a correspondências percentuais levam em consideração a ocupação do ‘GRAFICO DE OCUPAÇÃO HOSPITALAR’ e não do ‘PAINEL, com os percentuais informados de 39,4% de ocupação em leitos de enfermaria, e 40,7% em leitos de UTI.

Veja a seguir as divergências de informações

O diretor Técnico do CIS-URG Oeste, Marco Aurélio Lobão confirmou a situação crítica de Coromandel e que os pacientes precisam de acolhimento hospital e não estão conseguindo pelo por causa do crescimento de casos que foram confirmados nos últimos dias.

José Márcio Zanardi, Secretário Executivo do CIS-URG explicou que o SAMU além de realizar os atendimentos pré-hospitalar tem como função fazer as transferências inter-hospitalar de pacientes demandadas pelo SUSFÁCIL para onde houver vagas.

A Superintendência Regional de Saúde – SRS Divinópolis fez um balanço do encaminhamento dos pacientes recebidos até então.

No sábado (13)

Hospital de campanha

1) Sexo Masculino – 45 anos – UTI

2) Sexo Masculino – 47 anos – UTI

Domingo (14)

 Complexo de Saúde São João de Deus

3) Sexo feminino – 51 anos – enfermaria

4) Sexo masculino – 48 anos – enfermaria

Hospital de Campanha

5) Sexo feminino – 34 anos – UTI

6) Sexo feminino – 49 anos UTI

7) Sexo masculino – 76 anos – UTI

8) Sexo Feminino – 58 anos – UTI

9) Sexo Masculino – 62 anos – UTI

10) Sexo Feminino – 32 anos – UTI

11) Sexo Masculino – 41 anos – UTI

No sábado (13) foram utilizados os helicópteros Arcanjos 04 e 06, cada um trouxe um paciente até o aeroporto de Divinópolis e duas Unidades de Suporte Avançado do SAMU, concluíram o trajeto até o Hospital de Campanha na Upa de Divinópolis.

Neste domingo (14), além dos dois helicópteros usados no dia anterior, sábado, foi utilizado também o Arcanjo 07 (avião), e as Unidades de Suporte Básico e Unidades de Suporte Avançado (USBs e USAs) que fizeram a transferência dos nove pacientes.

Embarque dos pacientes em Coromandel 

Desembarque dos pacientes em Divinópolis

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  47  =  56

PODCAST: escuta essa!!