Prefeitos eleitos de Divinópolis ignoram riscos de acidentes e retiram radar da JK; moradores ameaçam ir ao MP (vídeo)


Os irmãos Azevedos, um prefeito de Divinópolis, e outro oficialmente deputado estadual, e extraoficialmente, sem legitimidade diante da Justiça Eleitoral, e inconstitucionalmente, claro, sem o conhecimento do jurídico da ALMG, também exercendo o papel como ser fosse uma espécie de subprefeito, no final da tarde desta última sexta-feira (15), decidiram, eles mesmos, acompanhados de servidores da Settrans desligaram o radar que fica localizado na Avenida JK no cruzamento com a Rua Antônio Florentino, mais conhecida como Rua da Mineira. E com isso causaram revolta nos comerciantes e moradores que residem nas imediações. Um deles, é José Marcelo David líder do movimento LGBT que se expressou ao que considera uma aberração populista dos dois políticos – O estranho é que, o atual secretário de Transito e Transporte (SETTRANS), Lucas Lopes Estevam, por ocasião da instalação do radar em 2018 como gerente de Projetos de Transito, em entrevista na Rádio Minas, ao jornalista Flaviano Cunha, justificou que a escolha da Avenida JK naquele trecho era em consequência do alto número de acidentes que lá ocorriam. E na gravação do vídeo ele estava presente, quando a placa do radar e o mesmo foram retirados, como sempre em um ato pirotécnico e populistas, com é o estilo teatral e circense dos Azevedo, Lucas só olhou e sequer fez a defesa técnica como fez quando da instalação do equipamento. 

Segundo Marcelo, do movimento LGBT, o prefeito eleito, não ouviu os moradores e tão pouco os comerciantes das imediações para saber que, segundo Marcelo, no local anteriormente ocorriam diversos acidentes, e em uma atitude eleitoreira e populista, unilateralmente decidiu retirar o radar para beneficiar os maus motoristas que passam pelo local ignorando o radar e com isso são multados. Marcelo ao Divinews disse que Gleidson assim concede benesses aos errados motoristas ao invés de fazer cumprir a lei. Com isso os moradores estudam ir ao Ministério Público para que o radar seja novamente reinstalado.

O fato de existir um sinal, não minimiza os riscos de acidentes. Muito pelo contrário, como o local é uma descida para ambos os lados, os motoristas aceleram para não pegar o sinal fechado, e não raro também avançam. A justificativa dos Azevedos para retirar o radar não se sustenta na tese que existir o sinal por si só é fator determinante para diminuir os acidentes. E avaliam ainda que a conscientização dos motoristas pelos agentes é suficiente.

Noticia publicada no site da Prefeitura em 10 de dezembro de 2018

JK ganha fiscalização eletrônica para diminuir índice de acidentes

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Settrans) começou a implantar o radar de velocidade na Avenida JK. O local escolhido pelo órgão municipal é devido ao alto índice de acidentes no cruzamento com a Rua Antônio Florentino, no bairro Santa Clara. O limite será de 40 km.

É o primeiro equipamento de velocidade implantado dentro do perímetro urbano e começa a operar em 30 dias. De maio a outubro de 2017, de acordo com a Settrans, foram registrados 50 acidentes no cruzamento. No mesmo período deste ano, foram 30 acidentes no local.

A maioria dos acidentes está relacionada a falta de atenção, alta velocidade e avanço de sinal. Quinze desses acidentes foram com motos. Nesse domingo (09/12), por exemplo, foram dois acidentes com motocicletas; e, há 10 dias, foi registrado um capotamento.

A Resolução do Contran 740, de 12 de setembro de 2018, estabelece meta de redução de índices de acidentes nos municípios.  “Esse radar vai pegar a velocidade, o avanço de sinal, a parada na faixa de pedestre e a conversão à esquerda proibida no local”, explicou o gerente de Projetos de Trânsito e Transporte da Settrans, Lucas Lopes.

O radar ainda não está em funcionamento, e, quando se iniciar a operação, será informado com faixas e comunicados à imprensa. Nesse momento, é instalado apenas mobiliário.

Antes da instalação do radar, são realizadas estáticas de acidentes no local seis meses antes e seis meses depois. “Se, com o radar, os acidentes não diminuírem, o equipamento é retirado do local. Lembrando que o radar é um empréstimo, e o município não investiu na aquisição do equipamento”, destacou.

7 comentários em “Prefeitos eleitos de Divinópolis ignoram riscos de acidentes e retiram radar da JK; moradores ameaçam ir ao MP (vídeo)

  • 19 de janeiro de 2021 em 20:55
    Permalink

    Ridículos esses Azevedo bolsominions.
    Uma verdadeira aberração eleitoreira pitoresca.
    Enquanto isso, na Câmara municipal o 03 dos Azevedo já exonera o seu primeiro assessor. Thiago Gontijo foi exonerado em 18/01.

    Resposta
  • 18 de janeiro de 2021 em 17:54
    Permalink

    Estes dois ai, que estão expondo a cidade ao ridículo nacional com seus vídeos loucos e eleitoreiros, deveriam passar por testes de sanidade metal pois não é normal o que estão fazendo.
    Será que estão achando que a cidade é deles e que eles são donos da verdade?
    Dá vergonha de ver as coisas grotescas que eles estão fazendo em pleno século XXI.

    Com sinalização e radares a grande maioria dos motoristas da cidade, aventureiros ao volante, desrespeitam sinais e normas de transito todos os dias.
    É só sair para a rua e ver.

    A SETTRANS, infelizmente, não possui nem efetivo nem preparo para fiscalizar.
    Ainda mais agora, com a mudança do secretário, não se sabe o que esperar.

    Mau motorista é mau cidadão e tem que ser punido, multado sim, e com multa pesada:só sentindo no bolso é que se aprende.

    Resposta
  • 17 de janeiro de 2021 em 20:29
    Permalink

    Fez bem, lá já tem sinalização, esta indústria de multa tem que acabar!

    Resposta
    • 18 de janeiro de 2021 em 17:59
      Permalink

      Fez bem não colega. Seus conterrâneos ao volante são um perigo com radar e sinal.
      Imagina sem!
      Não existe esta de INDUSTRIA DE MULTA: o radar só registra o que ele capta, nada mais!
      Isto é conversa de político querendo aparecer para eleitor incauto.
      Quem anda certo não tem problema.

      Resposta
  • 17 de janeiro de 2021 em 14:41
    Permalink

    Papagaio fala muito
    Vai cair do puleiro cedo cedo

    Resposta
  • 17 de janeiro de 2021 em 13:20
    Permalink

    Irresponsável e populista um dos lugares onde tinham mais índice de acidentes na cidade os donos da cidade querendo fazer populismo em cima vergonhoso tem que ir no MP msm pq eles nem devem passar aí fica fácil

    Resposta
    • 18 de janeiro de 2021 em 17:04
      Permalink

      Esse Divinews é uma bosta. Só sabe encher o saco. Aquele radar é uma vergonha. Coloca o de avanço de sinal.

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!