Negacionismo: apresentador da Alterosa Alerta, Stanley Gusman: “não matou o pai, nem a mãe”, foi ele quem foi óbito, vítima da Covid (vídeo)


O apresentador do programa “Alterosa Alerta” que faleceu neste último domingo (10), em Belo Horizonte, no Hospital da Serra, foi mais uma vítima de complicações em consequência da doença covid-19, que ele tanto negou. Em um dos momentos de seu programa, ele apresenta um vídeo em que o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil fez um alerta para que as pessoas principalmente os jovens fiquem atentos: “Cuidado para você não matar sua mãe, não matar seus amigos, não matar sua mãe, para você não passar o último natal com a sua família” – Logo a seguir Stanley entra na cena e diz não concordar com o que o prefeito Kalil afirmou: “Eu não concordo com o senhor, eu vou visitar meu pai, vou visitar minha mãe, não vou mata-los, e acho um desrespeito o senhor falar isso de público” e pediu desculpas por discordar da fala de Kalil

6 comentários em “Negacionismo: apresentador da Alterosa Alerta, Stanley Gusman: “não matou o pai, nem a mãe”, foi ele quem foi óbito, vítima da Covid (vídeo)

  • 14 de janeiro de 2021 em 20:27
    Permalink

    Não matou o pai nem a mãe, mas foi o último natal dele. Não subestimem essa doença. Muito triste,

    Resposta
  • 11 de janeiro de 2021 em 15:47
    Permalink

    Bolsonaro fazendo escola no negacionismo. Fico imaginando os livros de história de 2070…os jovens olhando pra maior tragedia do Brasil , com esse desastre de governo composto por uma caterva asquerosa , e pensando… o que esse povo tinha na cabeça em aceitar tudo isso calado?

    Resposta
  • 11 de janeiro de 2021 em 14:48
    Permalink

    Desde quando discordar da fala de um político, é negacionismo em relação ao Covid?
    Podemos sim visitar parentes e manter os protocolos de segurança para a não infecção!
    Essa o site deu bola fora!

    Resposta
  • 11 de janeiro de 2021 em 13:48
    Permalink

    Infelizmente brincou com coisa séria. Vai com Deus

    Resposta
    • 12 de janeiro de 2021 em 23:25
      Permalink

      Sinto tanto,pois durante 10 anos ele quis me conhecer de perto e sempre recusei. Ela sabia muito da minha vida conversávamos pelo face depois pelo Instagram e descutiamos também Agora e tarde…tarde demais poderia ter feito o que ele queria não custava nada.Estou perplexa nao acredito nessa morte tão ingrata Não era hora dele.Infelismente ele não sabia mais gostava muito dele Agora e tarde demais Que Deus abençoe a família dele.

      Resposta
  • 11 de janeiro de 2021 em 13:14
    Permalink

    arrogância custou a vida

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!