“Prometo que nunca mais vou fazer isso”, disse o prefeito de Divinópolis Gleidson Azevedo aos supermercadistas durante reunião


Foi essa a frase de promessa, e arrependimento de que “nunca mais vou fazer isso”,  que fez com que os supermercadistas que se reuniram na manhã desta sexta-feira (08), com o prefeito Gleidson Azevedo, resolvessem lhe dar um voto de confiança no combate à pandemia da covid-19, segundo Gilson Amaral, presidente do Sindicato do Comercio Varejista de Divinópolis.

Gilson Amaral ao Divinews contou que, em uma outra reunião que foi realizada na última segunda-feira (04), o prefeito falou muito que superficialmente que poderia adotar a medida que acabou se consumando nesta sexta-feira (08), de proibir a venda de bebida. Contudo, como a pauta daquela reunião era sobre outro assunto, nenhum dos participantes levou a sério e pensou que de fato pudesse acontecer.

Na noite de ontem (07/01), quando estava em viagem Gilson foi surpreendido com diversos telefonemas de empresários do ramo supermercadista lhe questionando sobre que providência o  Sincomercio tomaria com a publicação do decreto que ia proibir a venda de bebidas alcoólicas, a partir de meia noite.

Logo, ele ligou para a vice-prefeita, Janete Aparecida que lhe informou que a decisão tinha partido unilateralmente do prefeito. Ele então ligou para Gleidson que em um primeiro momento não o atendeu e posteriormente retornou sua ligação. Antes ele também tentou falar com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Ângelo, mas não conseguiu.

Ao falar com o prefeito, ainda na noite de ontem, o presidente do Sincomércio solicitou que o decreto não fosse publicado, até que ocorresse a reunião marcada para o início da manhã desta sexta, mas o decreto foi publicado.

A reunião aconteceu com a presença dos representantes de todos os supermercadistas, os de redes, como o ABC, Rena e BH Supermercados, mais os atacadistas Mart Minas e Villefort, além do representante da AMBEV na região, que é a empresa Brasul.

Gilson explicou que na reunião foram feitos alguns questionamentos e ficaram sem respostas técnicas que justificasse. O fato é que as considerações foram entendidas mas as fundamentações legais não foram. E que após o prefeito ter dito que nunca mais faria esse tipo de ação, eles se reuniram  separadamente dos membros do Governo e decidiram dar um voto de confiança para o prefeito, já que são apenas três dias.

As entidades presentes se comprometeram a não entrar com mandado de segurança na tentativa de derrubar a decisão do Executivo. Todavia, uma ou outra empresa se manifestou que poderia entrar individualmente.

Gilson terminou a entrevista com o Divinews com uma frase em latim “quae si non sint”, que significa “as coisas são, se assim permanecem”.

Um comentário em ““Prometo que nunca mais vou fazer isso”, disse o prefeito de Divinópolis Gleidson Azevedo aos supermercadistas durante reunião

  • 11 de janeiro de 2021 em 14:40
    Permalink

    Com esta situação já vamos nos acostumando com o “nivel” deste nosso prefeito. Infelizmente, ao que me parece, se assim continuar agindo, não deverá durar muito.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!