Equipe de Transição de Gestão do prefeito eleito quer investigar lisura da distribuição dos recursos da Lei Aldir Blanc em Divinópolis


Após a matéria publicada em primeira mão pelo Divinews, sobre a distribuição dos recursos do auxílio emergencial destinada a classe artística, em consequência da Lei Aldir Blanc, a Equipe de Transição do prefeito eleito Gleidson Azevedo, enviou através do whatsapp, de Juliana Coelho que faz parte da equipe, o seguinte texto:

Equipe Transição da Gestão

2021/2024

Diante das reclamações e descontentamento de alguns membros da Cadeia Cultural do Município de Divinópolis em relação a forma como está sendo aplicado os recursos da Lei Federal 14.017 (Conhecida popularmente como Lei Aldir Blanc) a Equipe de Transição solicitou uma reunião, em caráter de urgência, para esclarecimentos e desdobramentos da aplicação da referida Lei. Tendo em vista que a tramitação legal, a prestação de contas e as contrapartidas serão executadas pela próxima gestão é fundamental ter conhecimento dos fatos e toda lisura do processo.

Temos o compromisso em informar à população e dar transparência a todo Processo de Transição.

Equipe de Transição

Gestão

6 comentários em “Equipe de Transição de Gestão do prefeito eleito quer investigar lisura da distribuição dos recursos da Lei Aldir Blanc em Divinópolis

  • 16 de dezembro de 2020 em 07:58
    Permalink

    Essa “investigação” é papo furado, “conversa pra boi dormir”! Como disse o Anônimo no primeiro comentário, começaram muito mal por nomear como secretário o principal responsável pela distribuição desse dinheiro!

    Resposta
  • 15 de dezembro de 2020 em 16:49
    Permalink

    CÁMARA municipal,tem obrigaçao de abri,uma CP,I,

    Resposta
  • 15 de dezembro de 2020 em 13:27
    Permalink

    JÁ QUE A VERBA É FEDERAL,CABE AO IRMÃO DO CLEITINHO APURAR A FUNDO MAIS UMA MARACUTAIA NO FINAL DO GOVERNO GALILEU,INCLUINDO DENÚNCIA AO MINISTÉRIO PÚBLICO!!!TAMOS JUNTO!!!!

    Resposta
    • 16 de dezembro de 2020 em 09:10
      Permalink

      E vc acha que ele ( Cleitinho )vai investigar? Ele e o irmão nomearam o responsável pelo repasse ã secretario de obras… Inclusive o responsável pelo repasse ( atual secretário) é namorado do amigo da vice Janete.

      Resposta
  • 15 de dezembro de 2020 em 11:35
    Permalink

    Tenho certeza, se houver transparência, lisura e nenhum direcionamento político, irão descobrir que houve sim privilégios, favorecimento e direcionamento pessoal, na distribuição dessas dádivas pela secretaria responsável.

    Resposta
  • 15 de dezembro de 2020 em 11:18
    Permalink

    Se querem realmente investigar, começaram mal indicando o principal responsável pela distribuição para cargo da fusão de duas secretarias.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

6  +  4  =