Itaúna tem queda de 46,33% na arrecadação de impostos


Devido à pandemia do novo coronavírus, em que medidas de restrições para funcionamento somente aos serviços essenciais, foram tomadas para conter a disseminação do vírus e seguir as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) quanto ao distanciamento social, a Prefeitura de Itaúna registrou uma queda nas transferências do Imposto Sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS).

De acordo com o Executivo, foram R$ 2.336.578,59 a menos nos cofres públicos da cidade. Em abril do ano passado, Itaúna recebeu R$ 5.043.591,46, enquanto no mesmo mês este ano, o valor de transferência do ICMS para o município, segundo dados divulgados pela Associação Mineira de Municípios (AMM), foi de R$ 2.707.012,87.

Ainda com a arrecadação negativa, a Prefeitura garante que continua cumprindo seu compromisso de manter os serviços à população funcionando, bem como os salários dos servidores sem atrasos, além dos cuidados necessários no combate ao Covid-19.

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!