Com igrejas fechadas vereador evangélico de Divinópolis quer realizar “Drive Culto” mesmo contra deliberação do Comitê de Enfrentamento a Covid-19


O vereador Marcos Vinicius (DEM), da Câmara de Divinópolis, que também é pastor evangélico, através de suas redes sociais, há algum tempo tem comunicado que na manhã desta próxima sexta-feira (01), às 9 horas da manhã, será realizado “Um grande culto de celebração a Deus. O culto da vida, o culto da unidade, o culto do povo de Deus. 1º de maio, sexta-feira próxima 9 horas da manhã, no Parque de Exposições” – Marcos explicou que será dentro dos carros, “É uma grande festa. Muito louvor, muita adoração, a palavra do senhor. Vamos abençoar Divinópolis, vamos abençoar nossa cidade neste tempo de pandemia e com as igrejas fechadas” – Em seu convite, o pastor Marcos Vinicius faz uma interrogação bíblica de Romanos 8 (31) “Se Deus é por nós quem será contra nós?”

O vereador termina seu convite solicitando que todos que acessaram o seu perfil, divulgue o convite do culto nas redes sociais. “Por que será a grande festa do povo de Deus”.

O Divinews tentou falar com o vereador responsável pelo “evento”, através de telefone convencional, e também por whatsapp de áudio e texto, porém não obteve retorno. O objetivo é saber a expectativa de público e se outras denominações de igrejas participariam, além da existência ou não de alvará para realizar o evento.

O fato é que, a Prefeitura informou ao Divinews que o culto será realizado à revelia da deliberação do Comitê de Crise da Covid-19, e ainda sem a existência de alvará especial para que o culto se realize.

A Secretaria de Saúde, segundo informação obtida pelo Divinews, tentou demovê-lo da realização do culto, por oferecer riscos à saúde dos participantes, mesmo dentro de carros, já que ninguém conhece como ocorrerá a operacionalização do “Drive Culto”, porém o vereador está irredutível e diz o evento será assim mesmo, sem licença.

3 comentários em “Com igrejas fechadas vereador evangélico de Divinópolis quer realizar “Drive Culto” mesmo contra deliberação do Comitê de Enfrentamento a Covid-19

  • 1 de maio de 2020 em 09:53
    Permalink

    Bom dia .pode deixar de reunir o povo nas igrejas. Mas nao conseguirao calar a voz do verdadeiro adorador.pra mim isso e tudo politicagem barata Deus esta vendo tudo e um dia vcs vao pagar e bem caro. Ate dentro dos carro q proibir. Que Deus vem fazer cada um de voz reconhecer um dia q nao existe outro Deus e todo joelho confessara que e e Deus.

    Resposta
  • 30 de abril de 2020 em 19:17
    Permalink

    Engraçado todos os estabelecimentos comerciais salvo algumas exceções foram reabertos e as igrejas mesmo com uma observância bem restrita como máscaras, números de pessoas por metro quadrado, álcool gel, horario e dias diminuidos e todas as exigências cumpridas continuaram proibida a sua abertura e com apoio de alguns que falam tanto de pré conceito e continuam fazendo o mesmo. O maior pico dessa doença no Brasil é em São Paulo e já entenderam a importância das igrejas abertas. Pra mim isso é perseguição religiosa

    Resposta
  • 30 de abril de 2020 em 14:14
    Permalink

    Existe um decreto que proíbe esse tipo de evento. Se o Vereador quer fingir que não conhece de leis, eu mesma vou convocar as forças de segurança para fazer ele cumprir a LEI, a qual ele como vereador, deveria fazer cumprir. Além de quebra de decoro.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15  +    =  17