Divinópolis pode seguir exemplos de outras cidades e flexibilizar atividades econômicas para uma população que já está nas ruas; técnicos são contra


O que se fala nos bastidores da Prefeitura de Divinópolis é que na reunião que ocorrerá nesta próxima quarta-feira (22) da equipe de Governo, secretários e assessores, com o Prefeito Galileu Machado com a participação de alguns membros do Comitê de Enfrentamento à COVID-19, é que, diante da reabertura das atividades econômicas que está ocorrendo em vários municípios do país, mesmo com a discordâncias veemente de alguns que preveem uma catástrofe em meados de maio, o prefeito pressionado poderá  assinar um decreto autorizando a reabertura das atividades econômicas no município, de forma escalonadas por segmentos, isso já no dia seguinte, quinta-feira (23), ou no máximo na próxima segunda-feira (27).

O fato é que, não existe unanimidade internamente na equipe de Governo, os técnicos estão preocupados com a ascendência da curva de contaminação que da última sexta-feira (17) para segunda-feira (20) deu um salto de quase 10 casos, passando de 48 confirmações da doença para 57. Enquanto os não técnicos, que exercem mais a função política são favoráveis à reabertura com a argumentação de que a população já está na rua mesmo, não obedecendo o isolamento social.

Entre os contrários à reabertura, ou seja os técnicos, a argumentação é que Divinópolis, e mesmo o Estado de Minas não está caótico quanto estão outros grandes estados populacionalmente, como São Paulo e Rio de Janeiro, graças ao decreto de isolamento social.

Enquanto os membros do governo favoráveis a reabertura alegam que já que o povo está nas ruas mesmo, e que a situação é de subsistência, muitos passando fome, é melhor flexibilizar de forma organizada e pensada.

O resumo é que a equipe de Governo do prefeito Galileu, somados a alguns vereadores, quer sejam da base ou não, está toda dividida.

E na opinião dos técnicos em saúde ainda não haveria flexibilização nesta próxima quinta-feira (23),  enquanto os com viés político e econômico, ela se faz necessária. A palavra final será dada pelo prefeito Galileu Machado, que é quem detém o poder da caneta.

E os dois lados antagônicos do Governo ensaiam no futuro, dependendo do que for decidido e o que vier a acontecer, levar a fatura para o outro pagar.

 

15 comentários em “Divinópolis pode seguir exemplos de outras cidades e flexibilizar atividades econômicas para uma população que já está nas ruas; técnicos são contra

  • 22 de abril de 2020 em 16:56
    Permalink

    E tão facio pra quem é de carteira assinada,tá com o seu lá todos mês funcionário público e tudo mas,agora pelomenos sou autônomo trabalho pra mim aí vcs acha q 600$ da pra paga aluquel de comércio,de casa e ainda sustenta 2 filhos,e foda tem q libera e cada um com seus devidos cuidados né

    Resposta
  • 22 de abril de 2020 em 13:51
    Permalink

    Sinceramente, não me verão tão cedo em suas lojas… fico em casa!

    Resposta
  • 22 de abril de 2020 em 13:40
    Permalink

    Teste teste teste teste…….trabalho trabalho trabalho!

    Resposta
  • 22 de abril de 2020 em 13:26
    Permalink

    O governo deve seguir mesclando, quarentena horizontal com a vertical, porque ficar parado por mais de 30 dias não dá! os apoiadores da quarentena eterna deve ser aqueles que ganham com isso de alguma forma!

    Resposta
  • 22 de abril de 2020 em 12:39
    Permalink

    Os “técnicos” dia estão com seus salários garantidos e só querem fuder o povo e ver o Circo pegar fogo! Abre o olho Galileu!

    Resposta
  • 22 de abril de 2020 em 11:58
    Permalink

    As doenças mentais vai matar mais Depresao /panico/ suicidio.
    Gente libera quem quer assumir a responsabilidade de ir para rua,
    e fique em casa quem quer se proteger.
    fique a dica

    Resposta
  • 22 de abril de 2020 em 11:21
    Permalink

    quando se tinha poucos casos de coronavírus, uma grande quarentena foi feita, agora que os casos são aos milhares resolvem acabar com a quarentena, como dizia o velho KAFUNGA,, “NO BRASIL, O ERRADO É QUE É O CERTO”

    Resposta
  • 22 de abril de 2020 em 11:10
    Permalink

    Vamos liberar a população para trabalhar. Já passou da hora. Se continuar assim chega dezembro e a tal curva não passou.

    Resposta
  • 21 de abril de 2020 em 21:33
    Permalink

    Técnico de que!???? Pelo amor de Deus!!!! Vamos acabar com essa palhaçada!!! Chega de politizar esse vírus 🦠.
    Estão esperando as pessoas engordarem e o inverno chegar para liberarem a quarentena né!??
    Chega de corrupção!!! Acordem pessoal!!! Até a OMS na mudou o discurso… não é possível que não estão vendo que querem alarmar a população promovendo o caos e histeria. Sabem pra que né!??? Estado de calamidade…

    Resposta
    • 21 de abril de 2020 em 21:38
      Permalink

      foi o Stuart, o kevin ou o Bob?

      Resposta
    • 22 de abril de 2020 em 11:54
      Permalink

      concordo plenament e com vç
      estao o inverno chegar para ter mais casos.

      Resposta
    • 22 de abril de 2020 em 14:03
      Permalink

      Depois qdo tiverem que abrir valas para 10 a 20 caixões ao mesmo tempo, igual Manaus, que fez essa burrada de quebrar o isolamento, não adianta se arrepender. Veja nas redes sociais o prefeito de lá, chorando arrependido, pedindo ajuda pelo amor de Deus. A economia no mundo inteiro está arruinada, porém, pode se reerguer mas quem morrer não existirá mais. Acordem enquanto é tempo, o pior está por vir ainda. O presidente do hospital Albert Einstein agora a pouco, deixou isto bem claro. Não sejam tolos, a coisa é seríssima e ninguém está imune. Fiquem em casa, só assim poderemos diminuir as perdas de vidas.

      Resposta
  • 21 de abril de 2020 em 21:05
    Permalink

    A responsabilidade por qualquer fatalidade será de quem liberar! Pensem nisso. Depois que acontecer,quem está insentivando desaparecerá. Fica a dica.

    Resposta
    • 22 de abril de 2020 em 12:06
      Permalink

      sou a seu favor você fica em casa e nos trabalhamos sem briga só não fala o que não sabe.

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!