Empresários sérios e comprometidos com Divinópolis, através do SICOOB DIVICRED doam 100 mil para viabilizar 40 leitos no Bento Menni


A parceria foi feita entre a Secretaria de Saúde de Divinópolis, a Clínica Bento Menni e o banco SICOOB DIVICRED, que é uma cooperativa formada por grandes empresários da cidade, que possuem cotas do banco. Com a ajuda financeira da instituição bancária, um espaço da clínica que estava desativado após as obras será usado para receber 40 leitos que serão utilizados no tratamento de pacientes da COVID-19 – Foram doados R$ 80 mil reais em dinheiro e outros R$ 20 mil em materiais e prestação de serviços, segundo informações do diretor de Comunicação, Evandro Araújo.

O presidente do Sicoob Divicred, Urias Geraldo de Sousa, com a consciência social de que a cooperativa nasceu em Divinópolis, e que todos estão preocupados com o agravamento da situação de saúde em toda região, afirmou que é preciso ajudar a cidade do que ela mais precisa neste momento e que os empresários que compõe a cooperativa ficam felizes em poder de alguma forma contribuir para a saúde do município.

Já o médico da rede pública, Marco Aurélio Lobão, ressaltou que a nova medida é mais um suporte ao enfrentamento ao vírus. “Vendo agora a carência da busca por recursos hospitalares, essa parceria se faz extremamente necessária. Nós estamos nos preparando para um possível aumento dos casos e a urgência de novos leitos”, explicou.

Amarildo Sousa, secretário de Saúde explicou que o espaço será usado à medida que os leitos atualmente disponíveis começarem a ficar sobrecarregado. E não houver mais espaço.

De acordo com Evandro Araújo, diretor de Comunicação, as obras deverão ser entregues ainda nesta semana.

 

Um comentário em “Empresários sérios e comprometidos com Divinópolis, através do SICOOB DIVICRED doam 100 mil para viabilizar 40 leitos no Bento Menni

  • 16 de abril de 2020 em 11:03
    Permalink

    Uma boa noticia para ajudar no caso seja preciso e também uma ajuda indireta para reforma de uma ala abandonada que ficara de graça para a clinica ou seja uma indicação para que alguém la na frente saia ganhando. a clinica vive de cobranças de atendimentos, normal.
    Analisando friamente o banco e os empresários do setor de comercio e industria da cooperativa, estes já deixaram e desviaram muito, mais muito dinheiro. Pois a maioria destas fazem fraudes no pagamentos de impostos.
    Só trouxa para acreditar em ajuda deste banco e seus empresários, acorda Divinópolis.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!