EDITORIAL: Irresponsabilidade sem fim


A irresponsabilidade e a ignorância vão matar mais que o coronavírus, no Brasil. Constantemente vemos pessoas, associações, empresários e até mesmo o presidente do Brasil minimizar o perigo que o COVID-19 representa.

Enquanto uns remam para um lado, em busca da prevenção e da extinção do vírus, outros remam para a irresponsabilidade. Em Divinópolis, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Divinópolis (CDL Divinópolis), a Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid) e o Sindicato do Comércio Varejista de Divinópolis (Sincomércio) querem manter o comércio aberto, contrariando todas as indicações do Governo Federal, do Governo Estadual e de sanitaristas.

A proposta apresentada pelas instituições foi: escala de trabalho, ou seja, reduzindo a jornada de trabalho para até seis horas, formam-se duas equipes, uma entrando pela manhã, enquanto outra entra no início da tarde, e segundo eles as entidades continuarão monitorando o cenário junto às autoridades competentes. A proposta, de acordo com as associações é sempre manter a saúde do colaborador e do cliente do comércio, e ao mesmo tempo evitar um caos financeiro do setor que resultaria desemprego e encerramento de empresas.

O que vale ressaltar nesta situação é que, falido você se recupera, morto não. Tal atitude mostra apenas que a saúde do trabalhador está em último lugar para os empresários, assim como o bem estar coletivo. Protegem suas famílias e seus “bolsos” e colocam seus funcionários em risco.

Diante a atual situação, a pergunta é: conseguiremos vencer o coronavírus? A todo momento fala -se em união, que juntos somos mais fortes, que apenas distanciamento social será  capaz de deter o COVID-19, conseguiremos desta forma? Quando alguns remam para um lado, outros remam para outro, chegaremos a alguma lugar? Se é para fechar, que feche tudo, e garantam a segurança nacional. Por Covid-19 Prefeitura de Divinópolis anuncia fechamento de todos os estabelecimentos da cidade, exceto os essenciais.

Daqui a pouco, as 16h, a Prefeitura fará o anúncio do novo decreto, com medidas mais duras para evitar a propagação do COVID-19.

O objetivo é fazer com que as pessoas efetivamente fiquem em casa e não seja restritivo somente para alguns e outros não, além de seguir o decreto assinado pelo Governador Romeu Zema, que restringe a abertura de todas as lojas quer sejam de shopping como estava sendo feito em Divinópolis.

Com o novo decreto, todas as entidades e terão que emitir um comunicado para seus associados para que cerrem suas portas, e obedeçam o decreto, preservando de contágio os vendedores de tais estabelecimentos, e os incautos clientes que ainda procuravam tais estabelecimentos. As fabricas de confecções e também as de calçados existentes em Divinópolis deverão paralisar suas atividades.

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!