Consórcio de Saúde da Região Oeste (CIS-URG OESTE) quer que Zema libere utilização das estruturas físicas do Hospital Regional


O CIS-URG OESTE através do seu presidente, Edson Vilela, prefeito de Carmo do Cajuru, propôs à Superintendência Regional de Saúde de Divinópolis SES/MG, que é responsável pelas diretrizes da Saúde na região, que inserisse no Plano de Contingência Regional para Enfrentamento do COVID-19 a utilização de parte das estruturas físicas do Hospital Regional Divino Espírito Santo para instalação de leitos de UTIs, Semi-Intensivos e de Enfermarias Clínicas para internações de pacientes notificados suspeitos de Coronavírus, uma vez que não há leitos suficientes para atendimento aos pacientes na região, caso haja agravamento da crise.

A solicitação tanto do presidente do consórcio de saúde, quanto do secretário Executivo, Marcio Zanardi, ao Governador Zema, está pautado na gravidade da situação da saúde com a circulação do COVID-19. Levando em consideração o papel assistencial da Central de Regulação das Urgências do SAMU/192, que é o gerenciamento dos serviços de urgência e emergência que tem como objetivo preservar o atendimento pré-hospitalar e as transferências inter-hospitalares de pacientes graves.

Reafirmando assim, o compromisso e a responsabilidade com a Região de Saúde, o CIS-URG OESTE está colocando toda sua estrutura assistencial e administrativa à disposição de Divinópolis e de todos os municípios da Região, da Secretaria de Estado de Saúde e do Ministério da Saúde em toda e qualquer ação para servir a população na prevenção e assistência em saúde.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  67  =  74

PODCAST: escuta essa!!