Novos casos suspeitos de intoxicação por dietilenoglicol


Investigação da Secretaria de Estado de Saúde de Minas aponta 31 casos suspeitos de intoxicação por dietilenoglicol. Dos 31 casos,  26 pessoas são do sexo masculino e cinco do sexo feminino. Quatro casos foram confirmados e os 27 restantes continuam sob investigação, uma vez que apresentaram sinais e sintomas compatíveis com o quadro de intoxicação por dietilenoglicol e com relato de exposição.

Sete casos evoluíram para óbito. Um desses óbitos está entre os quatro casos em que foi confirmada a presença da substância dietilenoglicol no sangue. Trata-se de um homem, que esteve internado em hospital de Juiz de Fora e faleceu em 07/01.

Já os outros seis óbitos estão entre os 27 casos em investigação. Trata-se de cinco homens que faleceram em Belo Horizonte nas datas 15/01/2020; 16/01/2020; 01/02/2020; 03/02/2020, 09/03/2020 e de uma mulher, que faleceu em 28/12/2019 em Pompéu. Essas pessoas estão entre os casos suspeitos e a confirmação sobre a causa da morte depende do resultado de análises laboratoriais.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!