Fabiano Tolentino (CDN) apresenta projetos para recuperar pacote anticrime de Sérgio Moro

Publicado por: Redação

O deputado federal Fabiano Tolentino (CDN), apresentou cinco projetos para recuperar o pacote anticrime que o ministro da Justiça e ex-Juiz Sérgio Moro, tanto queria ver aprovado – Segundo informações da assessoria do parlamentar, com cerca de cem dias de mandato, ele já protocolou 27 proposições, e entre elas estão cinco projetos de lei que visam recuperar trechos do pacote anticrime que a Câmara não aprovou.

Entre as propostas, Tolentino tenta proibir que ministro do STF conceda habeas corpus de forma monocrática. Apenas decisão colegiada valeria, exceto durante o período de recesso.

Continua depois da publicidade

O deputado também quer recuperar o trecho que autorizava o uso de agentes de segurança disfarçados para combater o crime organizado. “O momento é de trabalhar em conjunto para combater o maior mal do nosso país, que é a corrupção e acredito que os meus projetos junto com o pacote que já foi proposto pelo Ministro Sérgio Moro irão dar um novo rumo para o Brasil”, afirmou o parlamentar.

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

  1. Samuel disse:

    Ao invés de contribuir para a cidade e região com projetos de turismo e qualidade de vida fica puxando o saco de miliciano. Vergonha esse Fabiânus Toletinho. Deputado de porte buteco.

    1. Justi disse:

      comentário de comunista!

  2. Ana disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    1. justi disse:

      Risadinha de comunista!

  3. Anônimo disse:

    Se aliando a esse bandido de direita, faz me rir, até parece que tem expressão, pendura um pisca pisca na cabeça junto com uma s laranjas caro deputado.

    1. justi disse:

      Comentário de comunista!

Continua depois da publicidade