Obra de Construtora, caixa pluvial e chuva provocam desabamento de talude próximo a edifício


Em consequência de vários fatores, como o vazamento de uma caixa pluvial, somadas as chuvas dos últimos dias, e o desaterramento em virtude de uma obra que está sendo realizada na Rua Amazonas, o talude dos fundos de um edifício que dá frente para a Divino Espirito Santo desmoronou deixando um grande buraco – O engenheiro da Defesa Civil do Município, Júlio Valério, em entrevista, afirmou não existir nenhum risco de desabamento do prédio. E explicou:  “O prédio tem uma caixa de água pluvial que estava perto do talude, e estava com problemas que o pessoal da obra não percebeu, e com a chuva o talude ficou instável e ele caiu”.

A seguir, o engenheiro explicou que no dia anterior, ou seja, no domingo (24) também esteve no local, junto com o Corpo de Bombeiros, e fizeram vistorias em todos os prédios do entorno e não perceberam danos estruturais em nenhum deles. Naquele mesmo dia entrou em contato com Juninho Aquiles, que é o proprietário da obra tomasse as devidas providências.

A Defesa Civil segue monitorando a obra, para que todos os procedimentos que foram solicitados por ela e pelo Corpo de Bombeiros sejam cumpridos, como exemplo, a canalização da água pluvial que estava caindo diretamente no talude, e a proteção com lonas plásticas, além da construção de um muro de arrimo.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!