Vereadores de Divinópolis tentam censurar o site de notícias Divinews assinando Moção de Repúdio


Os vereadores César Tarzan (PP); Ademir Silva (PSD); Matheus Costa (CDN); Raimundo Nonato (PDT), Sargento Elton (Patriota); Janete Aparecida (PSD); Marcos Vinicius (PROS); Nego do Buriti (PEN); José Luiz da Farmácia (PMN), capitaneados pelo vereador Edsom Sousa (EXPULSO DO MDB), em total afronta à democracia, e a liberdade de expressão da impressa, mesmo que ela seja opinativa, a Constituição Federal assim permite, tais edis assinaram uma “Moção de Repúdio” ao jornalista Geraldo Passos do Divinews, em uma clara tentativa de censurar o conteúdo do que é publicado no site – Alguns minutos após o último vereador assinar o documento, o Divinews já estava com ele em mãos, e aí sim, tomou conhecimento do seu teor, já anunciado em partes pelo seu autor, o vereador Edsom Sousa, que anunciou de forma leviana, como vem procedendo em toda sua vida política, ao longo dos últimos anos, de que houve concordância de todos os 17 vereadores, mentindo em plenário para os munícipes, como enganou alguns vereadores, segundo os relatos dos mesmos, com o objetivo de conseguir suas  assinaturas – Não concordaram com a censura contra o Divinews, os vereadores, Adair Otaviano (MDB); Dr. Delano Santiago (MDB); Print Junior (SD); Josafá Anderson (CDN); Renato Ferreira (PSDB); e Rodrigo Kaboja (PSD)

Na tentativa de censura, travestida de  “Moção de Repúdio”, de autoria do  vereador Edsom Sousa, a sua justificativa é que “o Divinews divulga matérias de fatos antigos já consolidados e tenta criar factoides, utilizando-se de conteúdos infundados com o único objetivo de atacar a imagem dos vereadores da Câmara Municipal de Divinópolis”. No seu entendimento divulgar fatos antigos é um “comportamento desrespeitoso, vergonhoso e não condiz com a realidade do verdadeiro jornalismo profissional”.

Assim que obteve a cópia da moção, o Divinews quis saber de cada vereador, que assinou, o motivo de terem assinados o documento.

O vereador Roger Viegas (PROS), afirmou através de whatsApp que não só ele, mas outros vereadores foram ludibriados pelo vereador Edsom Sousa, ele não havia entendido que estava assinando uma “Moção de Repúdio”. Posteriormente protocolou um pedido direcionado ao presidente da Câmara solicitando a retirada de sua assinatura da Moção. E pediu desculpas ao editor do Divinews, isso através do WhatsApp. E no plenário da reunião da última terça-feira (05), reiterou sua posição quanto a liberdade de imprensa, e o respeito que tem ao Divinews e seu editor Geraldo Passos.

No mesmo rastro de Roger, o vereador Marcos Vinicius (PROS), afirmou; “Vossa Excelência quando se dirige ao Divinews, também tem o respeito dessa presidência e dessa Casa”

A vereadora Janete Aparecida (PSD) enviou a seguinte nota: “Boa noite, caro jornalista Geraldo Passos. Infelizmente as desavenças entre o senhor e o Edil referido está refletindo de forma negativa em todo legislativo – São assuntos que não tem fim, que vão e voltam, que quando achamos que terminou começa dinovo – E coloca todos nós em um enredo que não queremos entrar – Não tenho nada contra o você, ou a reclamar de qualquer  matéria publicadas que referia a minha pessoa, pois nunca me causou constrangimento – Porém não posso deixar de notar a unilateralidade utilizada  em algumas matérias de forma desnecessárias (opinião pessoal).

E prosseguiu a vereadora, em defesa da sua assinatura na Moção de Repúdio contra o Divinews: “Sei que não sou sua conselheira porém já que senhor abriu parênteses com seus questionamentos, gostaria de pedir, por favor, termine essa briga. Sinceramente um dos dois terão que seder – Estamos virando chacota da população. Sei que você é um jornalista sério, tem o site dos mais acessados e respeitados. Essa briga já causou danos à saúde dos dois. E ficar na linha de fogo entre você e o vereador Edsom de Sousa tá ficando desgastante. Desculpa a demora em responder”

O vereador Matheus Costa (CDN), escreveu: “Boa noite Geraldo! Roger me falou mais cedo sobre essa situação – Não sabíamos que era uma nota de repúdio – Mas nos encontrávamos na mesma situação de um colega chegar dizendo que estava se sentindo ofendido e perseguido. Que iria fazer uma nota à imprensa – Situação momento antes de entrarmos no plenário – Você tem colaborado com divulgação do meu mandato desde que entrei na Câmara. Nos envolveram nessa situação pela nossa boa fé no trabalho dos colegas”.

Já o vereador Ademir Silva (PSD), assim se manifestou: “Essas desavenças do Edson com o Senhor é muito complicado – Não tenho nada contra você e nem seu trabalho. Foi só pra estar aí lado do vereador. Que as vezes cobra proteção da instituição”

O vereador César Tarzan (PP), que já no início de sua legislatura foi alvo de busca e apreensão em seu gabinete, por parte da Policia Federal, acusado da compra de votos, também recebeu o questionamento do Divinews sobre o motivo que o levou a assinar a Moção de Repúdio, que teve por objetivo censurar o Divinews, contudo, não respondeu nem por escrito e muito menos na reunião ordinária da última terça-feira (05).

O vereador Zé Luiz da Farmácia (PMN), que tem um mandato apagado, e não se adaptou com a vida parlamentar na Câmara de Divinópolis, tanto é que já anunciou que não será mais candidato em 2020. Também não respondeu o questionamento do Divinews, de por que assinou um documento que tenta censurar o Divinews.

Raimundo Nonato (PDT), que antes de ser eleito, foi gerente do Restaurante Popular e pertence a um movimento religioso da igreja católica que com certeza repudia qualquer tipo de censura, também não fez resposta ao Divinews do motivo que o levou a assinar uma moção de censura contra o Divinews.

Ao vereador sargento Elton (Patriota), o Divinews não enviou nenhuma correspondência. Ele será questionado pelo Divinews na Justiça por calunia contra o editor do site, feitas na Tribuna da Câmara.

O vereador Nego do Buriti (PEN), também não respondeu o questionamento do Divinews dos motivos que o levou a assinar a “Moção de Repúdio”. Há quem diga que, talvez ele não tenha entendido o significado das 14 letras, e ainda pode ter tido dificuldades em interpretar o texto do Divinews, o instando à resposta, e como não possui habilidade nos teclados quer seja de desktop ou celular, antão, deixou de mão.

O Divinews, não quis perder tempo com o vereador Edsom Sousa, o questionando por nada. Não vale a pena. O fato é que. O vereador é quem cria o terror entre os vereadores, fazendo com que eles tenham atitudes que muitas vezes não querem ter. Mas diante da pressão terrorista que exerce sobre os seus pares, eles ficam desnorteados e acabam cedendo à sua eterna pressão. O seu histórico na politica, já relatado pelo Divinews comprova sua personalidade de censurador, de agressividade, de tudo que ha de ruim em qualquer político. Edsom é um dos responsáveis pela paralisação da cidade, desde 2017 que ele cria um verdadeiro inferno para os dois poderes, o Executivo e o Legislativo, tornando-se um habitué de  denúncias no Ministério Público, fato este que não acontecia quando ele, mesmo sendo ferrenho opositor do ex-prefeito Vladimir Azevedo, não frequentava tanto o MP quanto frequenta na atual legislatura.

O Divinews tomará as providências cabíveis diante deste ato de tentativa de censura

 

4 comentários em “Vereadores de Divinópolis tentam censurar o site de notícias Divinews assinando Moção de Repúdio

  • 9 de novembro de 2019 em 17:36
    Permalink

    O Matheus é aquele que o pai dele apelou e foi bater na sua porta no domingo de manhã depois que vc postou que ele foi acusado de racismo e de estupro? Pai que, por sinal, perdeu o cargo de vereador por suposta compra de votos? É esse mesmo?

    Resposta
  • 7 de novembro de 2019 em 14:43
    Permalink

    Como um vereador assinar algo que não sabia,e brincadeira,

    Resposta
  • 7 de novembro de 2019 em 14:25
    Permalink

    então os nobre edis assinam algo que não sabiam de que se tratava??
    foram enganados acreditando noa colegas?

    tá. “çei”

    Resposta
  • 7 de novembro de 2019 em 14:05
    Permalink

    OU SEJA, OS VEREADORES DA CAMARA ASSINAM DOCUMENTOS SEM NEM MESMO LER! É UMA ZONA MESMO!!!

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

9  +  1  =