Azul começará a operar em Divinópolis somente a partir de 2020; e depende de ação política


O presidente da ACID Léo Gabriel, em entrevista ao Divinews durante uma reunião do Grupo Gestor, ocasião em que foi apresentado um plano de ação para o Desenvolvimento Econômico de Divinópolis, afirmou que após uma reunião em  Brasília, da qual ele participou na última quarta-feira (30/10), junto com o vice-prefeito de Itapecerica, Gilberto Marcolino, e o empresário Luís Felipe Borges, da PH Transportes da cidade de Claudio, ocasião em que estiveram reunidos com representantes da Infraero discutindo a instalação da EPTA ( Estação Prestadora de Serviço de Tráfego Aéreo) que é primordial para a operação dos voos com segurança, especialmente os noturnos – Leo afirmou também que, a interferência do deputado federal Domingos Sávio, tem sido de extrema importância, e avalia que sem uma ação política  para destravar os entraves burocrático torna-se mais fácil. Tanto é que já existe uma nova reunião marcada, desta vez com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que foi agendada pelo deputado Domingos Sávio.

O presidente da ACID, Léo Gabriel, acredita que após a reunião agendada com o ministro, e com a participação do deputado a EPTA (Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e Tráfego Aéreo) deverá ser liberada, com isso o aeroporto Brigadeiro Cabral poderá ser certificado e acontecerá o retorno dos voos da empresa aérea Azul.

Conforme Léo Gabriel, todos os voos só começarão a acontecer somente no próximo anos (2020), até mesmo o que era feito anteriormente, na rota Divinópolis – Campinas. Isso por que após a liberação, a Azul terá que fazer novas contratações de pessoal, já que os funcionários contratados anteriormente quando a empresa aérea começou a operar foram todos demitidos. Além de ter que reativar a estrutura de vendas dos bilhetes aéreos.

 

 

7 comentários em “Azul começará a operar em Divinópolis somente a partir de 2020; e depende de ação política

  • 17 de janeiro de 2020 em 14:32
    Permalink

    Como assim
    Deveriam se informar .
    Ainda tem escritorio da Azul e funcionario no aeroporto .
    Os equipamentos nao foram tirados ate hoje janeiro de 2020 .
    A Azul ainda nao foi embora .
    Existe sim os equipamentos e funcionario lá .
    Trabalhando 2 dias na semana .
    Esperando os voos voltarem

    Resposta
  • 3 de novembro de 2019 em 06:20
    Permalink

    Povo burro! Trazendo novamente os voos da azul melhora o desenvolvimento da cidade, se tem giro de pessoas pela cidade, tem tb a geração de novos empregos! Lê a reportagem direito pelo amor de Deus, os funcionários da azul ficaram desempregados e com certeza está competindo com as poucas vagas de emprego q a cidade oferece e tenho certeza q junto com algum familiar ou amigo seu! Sabe os taxistas e motoristas de aplicativos?! Eles ganhavam com corridas de pessoas de fora q vinham embarcar em Divinópolis colocando comida na mesa de seus familiares, sabe as lanchonetes, padarias e restaurantes ao redor do aeroporto?? Sabe a empresa que administrava o aeroporto? Tinha mais de 10 funcionários hj todos desempregados! Ganhavam com o pessoal q iria viajar, já que os voos eram bem próximos do horário de almoço! Que cabeça pequena meu Deus, em qualquer lugar q vc vai embarcar, qualquer aeroporto, tudo é mesmo pouco mais caro, BH, São Paulo, Rio, não é Divinópolis não! Avião não é ônibus que a passagem é 100,00 pra São Paulo mas vc espremido igual lata de sardinha e demora 8 horas pra chegar!!! Faz o comparativos antes de falar mer… Só deixando claro q não tô puxando saco de Prefeito, aliás odeio política! É olhando pelo lado dos benefícios q podem trazer a todos

    Resposta
  • 3 de novembro de 2019 em 06:11
    Permalink

    Por que antes não tinha nada, e os aviões desciam .
    Agora essa burocracia, quem perde é a cidade.
    Grupo gestor? Pra quê ?
    Politicagem

    Resposta
  • 2 de novembro de 2019 em 23:32
    Permalink

    Será que azul têm o interesse?
    Pelo meus contatos em Campinas, pessoal da azul não têm mais confiança nos políticos de Divinópolis, devido que 2021 já entra outro administrador fantoche.

    Resposta
  • 2 de novembro de 2019 em 17:18
    Permalink

    ESSE AEROPORTO SÓ INTERESSA AOS PODEROSOS, E A ACID QUER QUE A POPULAÇÃO PAGA ESTAS DESPESAS ATRAVÉS DO DINHEIRO PÚBLICO, TIRANDO DINHEIRO DA PREFEITURA, DA SAÚDE, EDUCAÇÃO E DA INFRAESTRUTURA DOS BAIRROS NÉ.
    ESSES EMPRESÁRIOS E OS DONOS DE AVIÃO E A TAL AZUL, TEM GASTAR PRA TER OS BENEFÍCIOS QUE É O DINHEIRO DOS VOOS, POIS SÃO MUITO CARO UMA PASSAGEM AVIÃO, BAGAGEM E TAXAS EMBARQUE.

    ABSURDO TIRAR O DINHEIRO DO POVÃO PRA FUNCIONAR ESTE AEROPORTO. TAMOS DE OLHO VIU GALILEU.

    Resposta
    • 29 de novembro de 2019 em 13:18
      Permalink

      Tinha de investigar quem foi o responsável por deixar esse aeroporto operar sem nada dessas exigências e equipamentos por tantos anos. Que arrependimento de ter deixado minha filha ir estudar no CEFET de Divinópolis. Antes 4h de vôo estava em casa nas férias, agora são 20h de Viação Motta. Gestão incompetente!

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!