Copasa realiza medidas paliativas de tapa-buracos na Pitangui, e em todos os lugares que realiza obras em Divinópolis


Segundo a assessoria do vereador Eduardo Print Junior, a ação da Copasa foi em detrimento de sua atuação, já que o parlamentar tem tido várias reuniões com os representantes da Prefeitura de Divinópolis e da COPASA, com o objetivo de resolver os problemas relacionados às condições da Rua Pitangui, especialmente no trecho da ciclovia. Nas últimas reuniões, ficou definido que a companhia seria responsável pelo recapeamento completo da via, assim como de outros locais que a empresa deixou obras inacabadas.

Como resultado das cobranças, na manhã dessa sexta-feira, a COPASA realizou os serviços de tapa-buracos em grande parte da Pitangui, precedendo o trabalho de total recapeamento. Conforme o vereador, na última reunião que ele teve com o gerente da COPASA, foi informado de que será feito um novo edital para a contratação de uma empresa para realizar o recapeamento. Ocasião em que a empresa explicou que a antiga empresa contratada está em processo de recuperação judicial, o que impossibilita a realização dos trabalhos por parte dela.

Print Junior afirma que as suas cobranças continuarão, já que todos os dias recebe reclamações de buracos existentes em toda cidade e que a maioria é de responsabilidade da Copasa. “Isso precisa acabar, e a empresa precisa ser responsabilizada por todos esses danos”.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

79  −    =  72

PODCAST: escuta essa!!