Tolentino vota contra a retirada dos nomes dos ex-presidentes Lula e Dilma do relatório da CPI do BNDES


Sem acordo com a oposição, o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social ( BNDES), Deputado Altineu Côrtes (PL-RJ), no intuito de aprovar o relatório, retirou 11 nomes da versão original, dentre eles os nomes dos exs-presidentes Lula e Dilma.

Com a manobra, o relatório foi aprovado no final da tarde desta última terça-feira (22), com 19 votos favoráveis gerando muita discussão entre os parlamentares.

O Deputado Federal Fabiano Tolentino (CDN-MG), votou contra o relatório e destacou o descontentamento com a retirada dos nomes.

Disse o parlamentar: “Me entristece muito ver que ainda temos alguns parlamentares que fazem de tudo para proteger alguns nomes da investigação. O relatório foi aprovado, mas na verdade queríamos uma aprovação com todos os nomes, mas infelizmente com a retirada de alguns nomes como o do Lula e da Dilma, nós do Cidadania votamos contra o relatório”.

A CPI que foi instalada em março, tinha como finalidade de investigar a prática de atos ilícitos e irregulares no âmbito do BNDES ocorridos entre 2003 e 2015 e relacionados à internacionalização de empresas brasileiras. O texto destaca os negócios com os grupos Odebrecht e J&F devido aos montantes envolvidos, explicou Côrtes.

Um comentário em “Tolentino vota contra a retirada dos nomes dos ex-presidentes Lula e Dilma do relatório da CPI do BNDES

  • 24 de outubro de 2019 em 12:41
    Permalink

    Fabiano tem um histórico de votar errado mesmo

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

8  +  1  =