ARTIGO: “…ELES NÃO SABEM O QUE FAZEM!”


O Jornalista e articulista político Leonardo Junqueira, em um inteligente e crítico artigo/matéria, discorre sobre o tempo que o vereador Edson Sousa (MDB) perde em querer calar a imprensa, mas única e exclusivamente o jornalista do Divinews, Geraldo Passos, que ele em sua insana viagem chama de blogueiro “aquele blogueiro” – E pasmem! “De uma forma até perversa, aquele homem público clamou pela realização de seu desejo mais sombrio, que seria a morte do jornalista”, se espantou Leo Junqueira ao ver o vídeo da fala do parlamentar, se é que podemos adjetivar essa abominação de ser humano que milita na política, de parlamentar.

Creio que o jornalismo terá um vasto campo de trabalho na análise psicológica de um determinado vereador de Divinópolis, que com uma postura pouco recomendada a um parlamentar, ainda mostra muita preferência pelo chamado “humor de ataque”, como àqueles que sofrem com a “síndrome de Cleópatra”.

Seria muito bom, que seus eleitores tomassem conhecimento da melancólica luta do ilustre edil contra um profissional da informação, que de uma forma própria e constante de trabalho, divulga notícias, comentários e informações de Divinópolis e região. Para a imprensa não existe quaresma e nem jejum, caros amigos! De domingo a domingo, os profissionais da comunicação trabalham sob o risco de toda ordem, para levar mais que informação à população: eles levam conhecimento.

Acabo de assistir o vereador Edson Souza (MDB) usar mais de cinco minutos de um tempo total de onze minutos, para falar do jornalista Geraldo Passos. O vereador não lhe poupou adjetivos impróprios para quem faz uso de uma tribuna na Câmara Municipal. Para quem não sabe, a “Síndrome de Cleópatra” age dessa forma, ou seja, trás a público o recalque particular daqueles que invejam o trabalho e projeção de outros. Na inveja desse vereador é possível ver sua tristeza em ter que reconhecer o sucesso de algum desafeto. Deve ser torturante para ele, saber que o trabalho de Geraldo Passos não cobra adesões ou aplausos de ninguém e mesmo assim recebe um vasto reconhecimento.

De uma forma até perversa, aquele homem público clamou pela realização de seu desejo mais sombrio, que seria a morte do jornalista.

Disse ele, ainda, ter dezenas de processos contra o gestor do Divinews, falou da vergonha que sente dos componentes da Câmara, ameaçou pedir o afastamento de prefeito e disse não precisar fazer escândalos. Penso que na sua última afirmação lhe devo razão: realmente ele não precisa fazer escândalos…Ele é “um escândalo”.

Fico pensando ainda, que um representante público, que trabalha apenas dois dias da semana deveria levar ao plenário suas conquistas, suas vitórias e benefícios obtidos pelo esforço de ações parlamentares verdadeiras. Mas, ao ver a sigla de seu partido cobro-me a compreensão, pois Edson Souza faz jus à sua origem partidária, quando representa um dos partidos políticos mais incompetentes e corruptos (comprovadamente) da história política do país. Vidas que se misturam e poucas coisas podem oferecer.

Já o vi rogar a Deus, louvar e agradecer bênçãos recebidas, mas nunca vi no vereador, qualquer chama da humildade, de respeito ao próximo ou dignidade ao seu ofício. Uma grande pena! E em nome daqueles que apenas ouviram suas palavras, peço desculpas a Geraldo Passos aproveitando o período da quaresma pelo que lhe foi desejado… “Eles não sabem o que fazem!”

2 comentários em “ARTIGO: “…ELES NÃO SABEM O QUE FAZEM!”

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

61  +    =  69