A verdade acontece no plenarinho, mas não pode ser mostrada; o plenário é um circo que engana o povo, confessou o vereador Delano Santiago


Por: Geraldo Passos / Dafne Siqueira ->

 

Durante a reunião ordinária na Câmara Municipal na tarde de hoje, quinta (07), o vereador Dr. Delano começou o seu pronunciamento falando sobre um levantamento de dados que fez sobre a eleição do legislativo em Divinópolis, e ficou abismado, pois, segundo ele, de 105 mil votos válidos, apenas 34 mil pessoas elegeram os atuais 17 deputados da Câmara. E cerca de 70 mil pessoas não votaram em nenhum deles, ou seja, “rejeitou a gente, não nos queria” – O Edil falou também que eles, vereadores, ficam em um debate desgastante, bobo (Neste momento parou sua fala por que houve uma discussão entre vereadores) – Quando voltou a falar, ele disse que lugar de conversar e lugar de brigar é no plenarinho e não na frente do povo. “Acho que a Câmara devia filmar como é feito a coisa aqui. Ali atrás no plenarinho, nós podemos nos engalfinhar, se esbofetear e depois sair rindo para esse teatro aqui fora. Por que aqui é um palco engraçado”. Disse Mais, “as brigas são tão engraçadas que parecem novelas, que depois saem beijando daqui. Então isso aqui é um palco, ali atrás é a verdade, só que a verdade não pode ser mostrada no palco. No palco da Globo só pode mostrar as coisas boas”

Delano em seu crítico discurso não esqueceu de mencionar as pedradas da oposição, que ontem foi situação e possivelmente em um futuro voltará a ser situação. Falou sobre o pedido de impeachment do prefeito que

Já na entrevista para o Divinews, para a jornalista Dafne Siqueira, o vereador em um tom diferente, disse que levantou esses dados com a indignação, pois afirmou que a população tinha que ter mais interesse nas eleições e escolher um representante. “O representante do povo do país democrático é o legislador, é o executivo, o povo precisa entender isso”, disse.

Ressaltou também a questão do desinteresse da população na política, o que pode ter contribuído para grande parte da população não ter manifestado seu voto. Ele destacou a necessidade do eleitor em estudar seu candidato antes de votar, citando casos em que muitas das vezes o eleitor pega qualquer “santinho” no dia da eleição e não escolhe seu voto com responsabilidade.

As reflexões feitas pelo vereador demonstram que a população precisa ser mais participativa ao exercer sua cidadania, votar com responsabilidade para que os gestores futuramente possam ser cobrados pela grande maioria que os elegeram. “A maioria não são esses 34 mil, a maioria são os 70 mil que poderiam sim ter depositado seu voto em alguém mas não aconteceu”, finaliza.

3 comentários em “A verdade acontece no plenarinho, mas não pode ser mostrada; o plenário é um circo que engana o povo, confessou o vereador Delano Santiago

  • 4 de agosto de 2019 em 22:24
    Permalink

    Se todos votassem com cidadania, certamente, este não teria sido eleito.

    Resposta
  • 8 de fevereiro de 2019 em 06:22
    Permalink

    pra mim tudo é cem por cento enganação. .. tchau…

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!