Jaiminho Martins ou Adalclever Lopes são nomes que podem substituir vaga de Lacerda como candidatos ao Governo de Minas


De acordo com matéria publicada no Jornal O Tempo, que o Divinews transcreve, a demora para a escolha do substituto do ex-prefeito Marcio Lacerda é motivada por uma busca de um nome que seja viável eleitoralmente. Os seis partidos que formam a coligação “Minas Tem Jeito” querem um candidato com chances reais de chegar ao segundo turno. “Estamos definindo esse nome tentando seguir critérios técnicos de viabilidade eleitoral. Estamos ouvindo especialistas em marketing eleitoral, profissionais da imprensa pra chegar nesse nome”, disse o presidente estadual do PDT, Mário Heringer.

Ele afirma que cada os nomes que surgem estão sendo analisados, calculando possíveis desgastes e pontos fortes. Estratégias como a inclusão de uma mulher na chapa também está sendo avaliada.

Outros ponto de discussão, segundo pedetista, é o desgaste do MDB. “Sabemos que a população não quer nem PT nem PSDB. Mas o MDB tem condições de representar a terceira via aqui em Minas ou o desgaste do MDB nacional pode contaminar o MDB aqui em Minas”, finalizou.

O almoço realizado nessa quarta-feira para buscar um consenso  terminou sem acordo e os líderes partidários permanecem reunidos na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

O presidente estadual do MDB, Saraiva Felipe, afirmou que os nomes mais fortes agora para serem indicados são do presidente da Assembleia, Adalclever Lopes e do deputado federal Jaime Martins (PROS), que hoje é o candidato ao Senado. “Esses dois nomes são os mais fortes nesse momento, mas há outros que também podem ser indicados. Se Jaime Martins vier para o governo, Adalclever pode ocupar o Senado”, disse.

Confiante

Saraiva afirmou que o candidato escolhido estará no segundo do turno. “Nós temos uma chapa com mais tempo de TV que o próprio governador. Isso é inédito em Minas. E todos esses partidos estão  unidos  nessa campanha” finalizou.

A única certeza até agora é de que o deputado estadual Fábio Cherem (PDT) não vai fazer parte da chapa majoritária. Antes cotado para ser indicado a vice, Cherem informou que por motivos pessoais não tem interesse em participar da formação da chapa.

 

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!