Divinópolis ganhará passarela e novo camelódromo


O deputado federal Domingos Sávio e o prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, se reuniram, nesta terça-feira (22), com o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestre – ANTT, Mário Rodrigues Júnior. A ANTT anunciou que assinou a autorização para a construção da passarela sobre a linha férrea de Divinópolis, na Avenida do Contorno. Nos próximos dias, haverá a publicação da autorização. Além desta conquista, houve o atendimento ao pedido de cessão de espaço ao município da antiga estação da Praça Xisto Pedro Gontijo, em que a prefeito tem projeto de garantir melhor infraestrutura aos comerciantes do camelódromo. O secretário da usina de projetos, Júlio Campolina, também participou da reunião.

O deputado Domingos Sávio afirmou que o pedido de passarela é para garantir a segurança da população, que transita no local colocando a vida em risco. “A passarela é um sonho antigo da população. Os moradores terão acesso ao centro sem se expor ao risco de passar sobre os trilhos ou ter que dar uma volta enorme”, afirmou Domingos Sávio. O projeto aguardava análise da ANTT há vários meses e era necessária a autorização da ANTT para iniciar a obra.

A agência reguladora também autorizou a cessão ao município de Divinópolis da área contígua à malha ferroviária, ao lado da antiga estação ferroviária. O objetivo é ampliar o espaço e melhorar as condições do local. “O local, que hoje se encontra sem serventia para a concessionária VLI, será muito útil ao município, que irá utilizá-lo em benefício da comunidade”, explicou. O prefeito Galileu Machado revelou que a prefeitura já tem um projeto de utilização do local. “Vamos estruturar para que os 54 boxs do camelódromo sejam instalados com toda a estrutura necessária naquela área, atendendo a um pedido dos comerciantes e garantindo uma melhor qualidade para os compradores”, informou.

Concessão

O parlamentar ressaltou que, como presidente da Comissão de Viação e Transporte, irá trabalhar para efetivar a tão sonhada transposição dos trilhos. “Haverá neste ano a renovação da concessão da malha ferroviária em Minas Gerais, que hoje é pertencente a VLI, por mais trinta anos. Este é o momento de incluir no contrato de renovação a garantia dos investimentos para a transposição dos trilhos da área urbana. É a nossa oportunidade real de tirar esse sonho do papel”, relembrou.

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!