Igreja Católica entra na guerra para combater o Aedes Aegypti; Igrejas Evangélicas também serão procuradas


A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), através da diretoria de Vigilância em Saúde, realizou nesta quinta-feira (15), uma reunião com o bispo Dom José Carlos Souza Santos – De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde Janice Soares na ocasião foi fechada uma parceria que visa alertar as pessoas para o combate do mosquito Aedes Aegypti. “O intuito é alertar as comunidades para o cuidado com reservatórios de água que se encontram nas residências, já que o LIRAa deste ano teve índice muito elevado” explicou – Segundo o coordenador de Vigilância Ambiental, Erson Ribeiro, ficou firmado através do acordo a divulgação dos cuidados para o combate ao mosquito, em missas e locais religiosos, com a distribuição de jornais e panfletos  “Este é um começo, vamos procurar outros líderes religiosos e propor que eles façam o mesmo, é importante nos prevenirmos e nos unirmos no combate às doenças causadas pelo Aedes” afirmou.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  82  =  88