Secretário de Saúde após autorizar vereador noticiar fechamento da UPA, volta atrás, e em entrevista desdiz: UPA NÃO FECHA


O tucano Renato Ferreira, na última terça (03), leu uma ata assinada pelo próprio secretário de saúde, em que ele textualmente disse que: “se o município não recebesse o repasse de R$ 10 milhões, do Governo do Estado até hoje, sexta-feira (06), de um total de R$ 40 milhões, não haveria outra alternativa senão o fechamento da UPA” – Nesta última quinta (05), o secretário, Rogério Barbieri convocou uma coletiva com a imprensa e mudou sua fala, afirmando que, a UPA não fecha nesta sexta (06), e possivelmente em nenhum momento, para não deixar a população desassistida, mesmo com uma intervenção do Conselho Regional de Medicina, que tem o poder de fazer uma interdição médica – Barbieri disse que tentará resolver os problemas da UPA, de forma ética, mas em hipótese alguma sem deixar de atender a população, sem que ela fique desassistida – “É imprescindível que o Estado comece a acertar todos os seus débitos com o município, principalmente as treze parcelas que ele deve a UPA – Temos duas folhas de pagamento, a primeira referente ao mês de julho, essa está paga 55%, faltando 45% e a do mês de agosto que ainda não foi paga, que dá mais ou menos R$ 600 / 700 mil de débito com os médicos contratados pela Santa Casa de Formiga, os médicos da UPA, mas que pertencem a Prefeito de Divinópolis, os salários estão em dia” explicou.

O secretário também informou, que mais uma vez a Santa Casa de Misericórdia de Formiga, que é a gestora da UPA, se manifestou querendo rescindir o contrato com o município, e que todas as cláusulas serão analisadas para uma possível tomada de decisão.

ERRATA: anteriormente o Divinews errou o nome do secretário “ROGÉRIO BARBIERI”

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!