Prefeitura de SAMONTE viabilizará 10 leitos de CTI na Santa Casa


A Prefeitura de Santo Antônio do Monte viabilizará 10 leitos de Centro de Terapia Intensiva (CTI) na Santa Casa de Misericórdia. Em junho deste ano, o prefeito Dinho do Braz fez a solicitação para a criação do CTI na Santa Casa à Superintendência Regional de Saúde de Divinópolis (SRS/Div), à Secretaria de Estado de Saúde (SES), e também ao Ministério da Saúde, e no dia 19 de setembro, a SES expediu a autorização para a implantar os leitos no hospital da cidade.

O atendimento será feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e Dinho ressalta que este era um sonho de mais de 30 anos de toda população, e que em breve será realizado.

“Há mais de 30 anos que o povo sonhava com a vinda do CTI para a nossa cidade. Graças ao nosso empenho, ao esforço da nossa administração nós conseguimos esta vitória. O Governo Estado nos contatou ontem, e pediu para que nós nos organizemos e iniciemos o processo de equipagem do CTI”, informa.

Os leitos atenderão além de Santo Antônio do Monte, a população de Araújos, Perdigão e Pedra do Indaiá. Dinho reforça, que a autorização só foi dada, pois a Prefeitura se comprometeu a equipar o Centro de Terapia Intensiva. De acordo com o prefeito, o custeio de equipagem deve ficar em torno de R$ 2 milhões, e o dinheiro já está em caixa, para que a implantação dos leitos se inicie.

“Para nós abrirmos o CTI, nós precisamos do recurso para equipá-lo, e isso será feito com recurso próprio. Eu estou fazendo um compromisso com a população de Santo Antônio do Monte, que os equipamentos, que giram em torno de R$ 2 milhões serão custeados com dinheiro da Prefeitura. Eu já tenho esse dinheiro em caixa, pois eu já estava esperando essa conquista”, enfatiza.

Segundo o prefeito, o próximo passo é alinhar com a direção da Santa de Casa de Misericórdia o início da implantação dos 10 leitos de CTI.

“Nós temos dois anos para implantar o CTI aqui, mas eu quero implantá-lo antes do prazo final. Nós vamos nos reunir com a direção da Santa Casa, para providenciarmos de forma legal, dentro dos parâmetros jurídicos, de que forma a Prefeitura irá comprar estes equipamentos, e coloca-los dentro da Santa Casa”, destaca.

Atendimento

A secretária de saúde, Carla Santos enfatiza que a implantação dos leitos diminuirá o tempo de espera, de pacientes que necessitam de atendimento em um CTI.

“A implantação dos 10 leitos de CTI vai agilizar no atendimento ao paciente, porque muitas vezes a gente fica aguardando um tempo considerável por uma vaga de CTI, que é uma das maiores demandas que nós recebemos na secretária de saúde, hoje. Isso é a realização de um sonho”, reforça.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa, Pollyanna Martins

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.