Presidente do PPS diz que declaração de Cleitinho é infundada e inverídica; janela para mudança de partido só em março de 2020


O presidente do Partido Popular Socialista (PPS), o deputado estadual Fabiano Tolentino, através de Nota enviada para a imprensa, esclareceu que em nenhum momento o partido exigiu qualquer posição do vereador Cleitinho Azevedo quanto ao seu voto, no projeto que tratava da revisão genérica da planta genérica do IPTU. Afirmou ainda que a posição da legenda era e é contra o aumento, portanto o discurso do edil no plenário da Câmara não fez o menor sentido – A manifestação oficial do PPS ocorre por que o vereador em plenário, afirmou que não segue determinação de partido, e a legenda nunca se manifestou para que ele votasse desta ou daquela forma – Leia a Nota Oficial do PPS.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO PPS MUNICIPAL

O Partido Popular Socialista – PPS do município de Divinópolis vem informar, na pessoa do seu presidente, Fabiano Tolentino, que em nenhum momento cobrou qualquer tipo de votação dos vereadores deste partido.

Portanto, as declarações do Vereador Cleiton Azevedo (Cleitinho), em sua fala na reunião extraordinária da manhã do dia 29 de dezembro, quando da votação do aumento de IPTU, é infundada e inverídica.

Não cabe ao mesmo alegar que não cumpre ordens partidárias, mesmo porque elas não existiram. Desde o primeiro momento da discussão deste tema, Fabiano Tolentino pronunciou contrário ao aumento do IPTU.

Cabe ao vereador ser fiel apenas à Lei Eleitoral, que preconiza que o vereador somente terá direito à mudança de partido sete meses antes da eleição para o cargo em questão, portanto, em março de 2020, caso não queira permanecer no partido que o elegeu em 2016.

O PPS não tem a intenção de expulsar nenhum dos nossos vereadores – Assim sendo, o discurso do Vereador Cleitinho não condiz com nossa realidade interna partidária, mesmo porque esta presidência admira a atuação do vereador, que cumpre muito bem o seu papel Legislativo.

Que fique bem claro a todos que em nenhum momento o PPS municipal forçou ou forçará nenhuma votação na Câmara, mesmo que esta posição possa divergir com a do partido, o que não foi o caso do IPTU votado pelo Vereador Cleitinho, pois também comungamos com esta posição

Aproveitamos para parabenizar as manifestações em redes sociais, e grupos de whatsapp,  e destacar também a participação das entidades de classe da nossa cidade, que tiveram um importante papel nesta votação.

Um grande abraço do presidente do PPS em Divinópolis, Fabiano Tolentino!

E feliz 2018!

Divinópolis, 29 d

5 comentários em “Presidente do PPS diz que declaração de Cleitinho é infundada e inverídica; janela para mudança de partido só em março de 2020

  • 1 de janeiro de 2018 em 20:29
    Permalink

    O que esse Cletinho fez ate AGORA ? Além de videos !

    GERALDO, pode procurar falou na campanha que iria doar parte do salario dele, cadê ? no primeiro mes foi par acasa dia dps, nada x nada o povo não é bobo

    Resposta
  • 1 de janeiro de 2018 em 20:29
    Permalink

    O que esse Cletinho fez ate AGORA ? Além de videos !

    GERALDO, pode procurar falou na campanha que iria doar parte do salario dele, cadê ? no primeiro mes foi par acasa dia dps, nada x nada o povo não é bobo

    Resposta
  • 31 de dezembro de 2017 em 13:33
    Permalink

    Cleitinho o melhor até hoje nessa politicazinha de Divinópolis !!!!! Parabéns Cleitinho continue assim o mundo precisa de pessoas como VC

    Resposta
  • 30 de dezembro de 2017 em 10:26
    Permalink

    Qualquer retardado entendeu que Cleitinho disse não seguir legenda nenhuma, ele não afirmou que a legenda o obrigava a algo, mas deixou claro que ele não segue o que o partido manda ou pede, o que os outros vereadores não fazer, exceto Sarg. Elton que nem precisa se preocupar com isso.

    Resposta
  • 30 de dezembro de 2017 em 09:31
    Permalink

    Cleitinho único que salva no partido o resto….

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.