Idoso é preso por exploração sexual e rufianismo de adolescentes em Pitangui

Publicado por: Lorena Moura

Nessa segunda-feira (20/5), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, em Pitangui, região Centro-Oeste do estado, mandado de prisão preventiva contra um homem, de 64 anos, suspeito de exploração sexual de adolescentes e de rufianismo. Até o momento foram identificadas seis vítimas, com idades entre 15 e 17 anos, à época dos fatos.

As investigações iniciadas em outubro do ano passado apontam que, entre abril de 2023 e fevereiro de 2024, o suspeito atraiu adolescentes do sexo feminino para a prostituição, oferecendo-as a “clientes” do sexo masculino em troca do recebimento de uma “taxa de intermediação”. Além disso, ele também teria oferecido quantia em dinheiro às adolescentes em troca de favores sexuais.

Continua depois da publicidade

Após apurações, a Polícia Civil representou pela busca e apreensão em endereços vinculados ao investigado e também de uma adolescente, possível vítima de aliciamento para a prostituição. “Durante as buscas, foram apreendidos aparelhos celulares, os quais foram submetidos à perícia técnica. O laudo do aparelho celular do suspeito revelou uma rede de contatos do investigado com, ao menos, 18 clientes e 13 mulheres, entre adolescentes e maiores de 18 anos, ambas aliciadas”, informou o delegado responsável pelo inquérito policial, Douglas Taveira.

Em posse dos elementos de autoria e materialidade, a PCMG representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pelo Judiciário. Ele foi localizado e preso na tarde de ontem e conduzido à Delegacia de Polícia Civil, onde optou por exercer seu direito ao silêncio. Em seguida, foi encaminhado ao sistema prisional.

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

Continua depois da publicidade