Conceituado médico natural de Divinópolis é morto em Belo Horizonte

Publicado por: Redação

O Divinews obteve a informação de que o médico Vinícius Soares Garcia, natural de Divinópolis morreu neste último sábado (22) em Belo Horizonte vítima de um assassinato – A Policia Militar confirmou, porém,  não entrou em detalhes sobre a dinâmica do crime,  apenas que ocorreu naquela cidade – O médico trabalhava no Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro, além de ser professor na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O velório e o sepultamento ocorreram em Divinópolis neste domingo (23) – Os amigos consternados deixaram mensagens em posts do Instagram. 

O perfil ‘paradaBetim’ assim se expressou: “É com muita tristeza que recebemos o falecimento do Dr. Vinicius Soares Garcia, médico atuante no Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro, foi professor na UFMG e ativista LGBTQIA+, da cidade de Divin´polis-MG. Nossos sinceras condolências a família e amigos” assinado pelo Movimento Organizado LGBTQIA+ de Betim – Em outra postagem, a fisio intensivista Mariah Nogueira Carvalho, amiga do médico também se manifestou em seu stories se despedindo dele.

Continua depois da publicidade

Vinicius Soares Garcia trabalhou em diversos hospitais de Divinópolis, como o Hospital São João de Deus, em 2017. Neste mesmo ano, também no Hospital Santa Lúcia e no Hospital Nossa Senhora do Brasil; Em 2018 trabalho no Pronto Atendimento de São Sebastião do Oeste e na UPA de Nova Serrana; em 2019 na Prefeitura de Belo Horizonte e professor da UFMG; e em 2022 no Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal IGESDF.

Em 2021 é teve uma Menção Honrosa no 3rd French-Brazilian Symposium on hearing: from research to clinical practice: balance; noise., Universidade Federal de Minas Gerais; Université Clermont Auvergne.

E em 2014 teve uma indicação ao prêmio de Excelência em Fonoaudiologia no 22 Congresso Brasileiro De fonoaudiologia, Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.

Segundo informações iniciais de fonte do Divinews, agora já confirmada oficialmente pela Policia Civil, o médico foi assassinado em Belo Horizonte, com 29 facadas. Há dubiedade de informações, o assassino diz que conheceu o profissional há 15 dias. Contudo, existe o contraponto não oficial de que o assassino era companheiro do médico e que viviam juntos. O autor relatou ainda que cometeu o crime por ter sido agredido pela vítima. Familiares dizem que Vinicius Soares era pacato e que a versão dele, do assassino não se sustenta por uma série de furos no depoimento que constam no BO. Como por exemplo, após o cometimento do crime ter procurado um psiquiatra para dar a ele um laudo de surto. “Ninguém em surto tem o discernimento lúcido de procurar um médico para atestar que ele está em surto” – Outro detalhes é que sumiram pertences de dentro do apartamento. Eles vão pedir filmagens de câmeras.

O velório ocorreu no Bairro Interlagos e o sepultamento foi as 16 horas no cemitério daquele bairro.

 

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

Continua depois da publicidade