Condutor de ambulância do SAMU é afastado após acidente que terminou com a morte de motociclista em Divinópolis (vídeo)

Publicado por: Redação

Um motociclista morreu após bater em uma ambulância do SAMU hoje à tarde, no centro de Divinópolis. Fernando Ferreira Fernandes, de 29 anos, passava pela rua Bahia e ao atravessar a rua Pernambuco foi atingido pela ambulância do SAMU, que fazia o resgate de uma criança engasgada e avançou o sinal vermelho, sem que fosse seguido o protocolo, ou seja, não poderia passar direto, deveria ter parado para depois prosseguir, cruzando o sinal. O CIS-URG, consórcio responsável pelo SAMU, determinou o afastamento imediato do condutor da ambulância até que o caso seja apurado.

De acordo com o SAMU, o condutor da ambulância tem 35 anos e foi aprovado em primeiro lugar no concurso e assumiu o cargo em março deste ano. Ele disse que seguia em alta velocidade pela rua Pernambuco, com sirene acionada, e estava indo em direção ao Hospital São João de Deus, transportando um recém nascido com 9 dias de vida, que estava engasgado. O condutor alega que diminuiu a velocidade ao se aproximar do cruzamento e não viu o motociclista, que após o impacto foi arrastado por quase um quarteirão.

Continua depois da publicidade

Após o acidente, outra ambulância do SAMU terminou o transporte do bebê até o Hospital São João de Deus. A criança segue internada. Nenhum dos ocupantes da ambulância envolvida na batida se feriu.

Ainda conforme o SAMU, o protocolo prevê que o condutor deveria ter parado no cruzamento, e não apenas diminuído a velocidade, conforme ele disse ter feito. Um procedimento interno foi aberto para apurar o caso. Imagens de câmeras de segurança da região, assim como do sistema Olho Vivo da PM, vão ser analisadas para ajudar a esclarecer a dinâmica do acidente.

O SAMU informou que o condutor da ambulância foi afastado do trabalho durante a investigação. A previsão é que a apuração termine em até um mês. O SAMU disse também que entrou em contato com a família do motociclista morto e está prestando toda a assistência necessária.

Na tarde de hoje, horas após o acidente, José Márcio Zanardi, secretário executivo do CISURG, convocou uma coletiva de imprensa para falar sobre o caso. Dárcio Abud Lemos, gerente administrativo, Arthur Medeiros, coordenador de frotas, e Kênia Gontijo, assessora jurídica do SAMU, também conversaram com os jornalistas para esclarecer a situação.

 

 

 

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

  1. anonimo disse:

    esses motoqueiros da cidade andam correndo feitos loucos pelas ruas toda hora levamos sustos deles passando pela gente dentro dos carros ora pela direita ora pela esquerda isso foi um terrivel acidente mas nao deve penalizar o motorista porque somos humanos sujeitos a erros pequenos e a grandes meus sentimentos aos familiares da vitima

    1. Anônimo disse:

      Independente de quem estava errado, foi uma fatalidade e de imensa tristeza para todos os envolvidos, principalmente para a família do rapaz.
      Que Deus conforte os familiares desse rapaz.

Continua depois da publicidade