Por Laiz Soares: Falta Foco no Que Interessa

Publicado por: Redação

Nasci e cresci em Divinópolis, sempre escutei histórias de nossa terra e tinha muito orgulho de tudo que Divinópolis representa. Terra de Adélia Prado, de um povo hospitaleiro e forte, terra próspera na moda e na indústria – Cresci com a esperança do desenvolvimento da nossa cidade. E é por conta disso que hoje me encontro tão decepcionada em ver a condição de desamparo e abandono que Divinópolis se encontra.

Enquanto a população de nossa cidade encontra-se vulnerável frente a falta de estrutura na saúde, educação, economia, na infraestrutura de transporte e saneamento, vemos nossa política cada vez mais desgastada por conflitos de ego.

Continua depois da publicidade

Como podemos — no mesmo momento em que a UPA da cidade encontra-se em colapso, como já alerta a Comissão de Saúde da Câmara Municipal— ouvir em plenário da Câmara palavras de baixo calão e palavrões? Onde está o respeito com a população?

Nosso plenário deveria ser um lugar de ordem, de ética, onde os interesses dos cidadãos são resguardados e os melhores projetos de leis para nossa cidade são aprovados. Mas pelo contrário, vemos desordem nesta casa tão importante para o funcionamento do município.

Em Divinópolis, mais de 10 mil pessoas vivem em situação de extrema pobreza, segundo dados do Ministério da Cidadania. Este é um aumento de 35% em relação a 2020. São 10.418 divinopolitanos vivendo com menos de R$ 89,00 no mês. Essa situação ainda consegue piorar, a maioria dessas pessoas são crianças entre 7 e 15 anos e idosos acima de 65.

Precisamos de lideranças responsáveis e comprometidas com o desenvolvimento da cidade. Líderes dedicados a mudar a realidade que nos encontramos, que foquem em projetos de segurança alimentar da população, projetos que gerem emprego e renda  para os Divinopolitanos. Essa deve ser a nossa prioridade acima de disputas de ego e pronunciamentos ofensivos.

Divinópolis ainda é uma cidade potente e pode ter frutos inacreditáveis caso nossos gestores invistam no desenvolvimento do município. Para diminuir o número de desempregados é possível apostar na criação de financiamento de Microcrédito para pequenos empreendedores aliada a capacitação para gestão do negócio.

É essencial, também, que seja oferecido melhores oportunidades para jovens no mercado de trabalho. Nesse sentido, o ensino de tecnologia tem a capacidade de transformar a vida destes jovens pelo número de vagas disponíveis nessa área e a remuneração oferecida.

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

  1. Alessandro Ribeiro disse:

    Demagoga de quinta…interesseira

  2. anonimo disse:

    Essa do povao so quer o voto o que nao vai ter kkk

Continua depois da publicidade