23 de abril – Dia Mundial do Livro e dos Direitos do Autor


O livro é um elemento poderoso na propagação do conhecimento, é um símbolo de busca por sabedoria. Uma obra literária é capaz de levantar importantes questionamentos, emocionar, entreter, relaxar, quebrar barreiras geográficas e culturais e transformar a realidade. Um livro é uma ponte para um mundo novo, repleto de possibilidades.

Hoje, vamos reverenciar o poder transformador do Livro e homenagear todos os envolvidos com a produção literária: autores, editores, gráficos, ilustradores, revisores e, claro, nós leitores. É um dia para ser celebrado!

A data foi escolhida em 1995 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Celebrar o Dia Mundial do Livro é uma forma de incentivar a leitura e homenagear autores valorizando seu trabalho de produção literária e seus direitos legais. Essa data foi escolhida em tributo a alguns renomados escritores, entre eles, o criador de Dom Quixote de La Mancha, Miguel de Cervantes, que morreu em 23 de abril de 1616.

8 Curiosidades sobre o livro:

  • A Índia é o país que mais lê no mundo.
  • A Bíblia foi o primeiro livro impresso no mundo.
  • Dom Quixote é o livro mais vendido no mundo, se não contar a Bíblia.
  • A frase mais longa impressa em um livro vem da obra “Os Miseráveis”, de Victor Hugo, com 823 palavras.
  • A primeira obra editada no Brasil foi “Marília de Dirceu”, de Tomás Antônio Gonzaga, em 1808.
  • Segundo a UNESCO, A Rainha do Crime, Ágatha Cristie é a autora mais traduzida no mundo.
  • Paulo Coelho é o autor brasileiro que mais vendeu livros no mundo.
  • O Livro Alquimista, de Paulo Coelho, é o décimo livro mais traduzido do mundo.

No Dia Mundial do Livro, conta pra nós, qual o seu livro preferido?

 

#diamundialdolivro #diadolivro #paixãoporlivros #amoler #incentivealeitura

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

82  +    =  85