EXCLUSIVO: Nomes das vítimas da tragédia de Capitólio; As sete mortes e os três desaparecidos eram passageiros da lancha ‘Jesus’


O Divinews teve acesso com exclusividade, a relação das vitimas da tragédia que ocorreu neste sábado (08) em Capitólio, quando quatro embarcações foram atingidas por uma rocha que se desprendeu de um dos cânions daquela região. De acordo com as informações que o site teve acesso, das quatro lanchas que estavam próximas, apenas a “Jesus”  teria sido atingida diretamente. Dos seus 10 passageiros, sete morreram e três estão desaparecidos. As buscas foram encerradas no inicio da noite e retornará as 6 horas da manhã deste domingo (9).

A lancha EDL sofreu um impacto indireto devido ao deslocamento de água e pedras no local (impacto indireto). 14 pessoas dessa embarcação foram socorridas com vida. Também a lancha vermelha, que não tinha nome, sofreu impacto direto e estava com 10 pessoas que foram socorridas. Outra lancha, “Nave Mãe” que também sofreu impacto indireto, estava com oito passageiros que foram todos socorridos.

A única lancha que recebeu impacto direto, foi a “Jesus”. Nela haviam 10 pessoas. Dessas 10 pessoas, sete morreram e foram encontradas e identificadas pela Policia Civil de Minas Gerais, após o trabalho de recuperação dos corpos realizado pelo Corpo de Bombeiros e três estão desaparecidos.

Vítimas

1  – Sebastião Teixeira dos Santos, cerca de 60 anos, é Militar reformado de Serrania PMMG.

2  – Maria Helena (esposa do Sebastião) 58 anos aproximadamente.

3 –  Filho de Sebastião (apelido Lula) 30 anos.

4  – Nora de Sebastião.

5  – Neto de Sebastião (10 anos).

6  – Thiago, 30 anos aprox. apelido água gelada (sobrinho do Sebastião).

7  – Júlio do Cassemiro (São José da Barra).

8 e 9 Casal de amigos de Campinas (supostamente desaparecidos).

10 Rodrigo Marinheiro (supostamente desaparecido).

Número de óbitos confirmados: Sete

Número de socorridos leves atendidos:

Santa Casa de Capitólio: 23 já liberados

Santa Casa de Piumhi: 02 com fraturas

Santa Casa de São José da Barra: 04 já liberadas

Santa Casa de Passos: 2 vítimas estáveis

Segundo informações da fonte do Divinews, foram empenhados na operação, 20 Bombeiros Militares de Poços de Caldas, Passos e Piumh; dois policiais da PMMG; um membro da Defesa Civil do Estado; 19 militares da Marinha; cinco policiais da PCMG, sendo dois delegados, dois investigadores e um perito.

Foram usadas duas lanchas e um jet-ski da Marinha; cinco veículos e mais uma lancha dos Bombeiros (CBMMG), além de uma viatura da Policia Militar e uma da Defesa Civil. O material de mergulho utilizado foram oito conjuntos completo de mergulho com 15 cilindros reserva.

6 comentários em “EXCLUSIVO: Nomes das vítimas da tragédia de Capitólio; As sete mortes e os três desaparecidos eram passageiros da lancha ‘Jesus’

  • 9 de janeiro de 2022 em 13:01
    Permalink

    Por que os bombeiros já sabendo dos problemas nas rochas não posicionaram órgãos mais competentes para as devidas interdições, visto que não é tão recente esse problema e por que não tomaram providências sinalizando o lugar dos problemas, proibindo que chegassem perto dos rochedos, enquanto náo se tomavam providências maiores??? Descaso e falta de responsabilidade nāo podem ficar impunes as vidas perdidas.

    Resposta
    • 9 de janeiro de 2022 em 15:59
      Permalink

      Bem vindo ao Brasil

      Resposta
    • 9 de janeiro de 2022 em 16:04
      Permalink

      Porque não é competência do Corpo de Bombeiros tal fiscalizacao ou intervenção.

      Resposta
    • 9 de janeiro de 2022 em 13:09
      Permalink

      Por que os bombeiros já sabendo dos problemas nas rochas não posicionaram órgãos mais competentes para as devidas interdições, visto que não é tão recente esse problema e por que não tomaram providências sinalizando o lugar dos problemas, proibindo que chegassem perto dos rochedos, enquanto náo se tomavam providências maiores??? Descaso e falta de responsabilidade nāo podem ficar impunes as vidas perdidas.

      Resposta
      • 9 de janeiro de 2022 em 16:05
        Permalink

        Porque não é competência do Corpo de Bombeiros tal fiscalizacao ou intervenção.

        Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  52  =  56