NOTÍCIA BOA: Vacinação avança e numero de mortes por covid-19 diminui em Divinópolis; novembro teve seis óbitos, o menor desde maio de 2020


Segundo informações do Painel da Covid-19, da Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis, o último mês de novembro (2021) com seis mortes, em consequência da pandemia da Covid-19 é o menor da série histórica de óbitos, desde maio de 2020 quando foram registradas duas mortes, sendo que em abril a cidade registrou a primeira morte da cidade e do Estado, de uma médica que esteve internado no Hospital Santa Mônica – A partir de então, nos meses subsequentes, os números foram infinitamente maiores, chegando ao ápice em abril deste ano (  202) quando foram “contabilizados” 117 óbitos. A diminuição das mortes em novembro reflete o avanço da vacinação. Mas mesmo assim em outubro foram registrados 16 óbitos – De acordo com a Secretaria de Saúde no dia 30 de novembro existiam cerca de 15 mil pessoas que ainda não haviam tomado a  segunda dose. E mesmo pessoas que sequer tomaram a primeira – É fundamental que as pessoas acreditem na ciência e procurem se imunizar, com qualquer vacina que seja e não creiam em boatos  de negacionistas. 

No dia 30 o panorama das internações na UPA era que dos 40 leitos disponíveis em UTI para pacientes  covid-19, somente cinco estavam sendo ocupados e nas enfermarias, dos 43 disponíveis, 14 leitos estavam em uso.

Nas Unidades de Terapia Intensiva, o Hospital Santa Lúcia tinha naquela ocasião um paciente internado; o Complexo São João de Deus  dois pacientes no CTI adulto na saúde suplementar  suplementar, além de um na área adulta e um na área infantil atendidas pelo SUS. Na enfermaria o registro era de 11 pacientes do SUS e dois pacientes da saúde suplementar. Na enfermaria do  Hospital São Judas Tadeu também havia um paciente internado.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1  +  9  =  

PODCAST: escuta essa!!