Incêndio florestal em Itaúna consome 200.000 m² de área (Vídeo)


Quase no fim da manhã desta quinta-feira (16), o 2° Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar em Itaúna, o qual pertence ao 10° Batalhão dos Bombeiros Milateres de Minas Gerais finalizou o combate a um grande incêndio florestal no bairro Jadir Marinho, o qual já durava dois dias. De acordo com o Cobom, as chamas queimaram totalmente cerca de 20 hectares no perímetro itaunense e equivale a área de 200.000 mil metros quadrados. Ainda conforme a corporação, uma grande quantidade de fumaça tomou conta do ar no município e trouxe transtornos à população itaunense. Ao exemplo de uma ocorrência similar em Formiga na última semana, os resquícios das chamas e das cinzas podem invadir o espaço aéreo de cidades próximas como Divinópolis e Pará de Minas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, não há possibilidade de adentrar o local com viaturas, devido a área ser uma mata fechada, os militares deslocaram a pé pela mata e utilizaram no combate bombas costais, sopradores, abafadores e materiais de sapa para confecção de aceiros. De acordo com a corporação foi necessário, em alguns momentos, realizar a técnica do fogo contra fogo para eliminar demais riscos potenciais.

“A técnica de fogo contra fogo é eficiente apenas se for aplicada observando todos os parâmetros de segurança, se for usada sem conhecimento, a propagação do incêndio ocorrerá de forma descontrolada dificultando ainda mais o combate. Dessa forma, o uso do fogo contra fogo deve ser feito apenas por profissionais habilitados par tal. O incêndio se iniciou dia 14/09 mas teve continuidade de ação Bombeiro Militar durante todo o dia 15/09.”, explicou o Corpo de Bombeiros.

Após a extinção das chamas, os bombeiros militares recolheram todo o material utilizado, deixaram o local e retornaram ao Batalhão. Segundo apuração do Divinews, o início do fogo pode ter sido ocasionado por causa humana, mas também devido a baixa umidade relativa do ar, a condição climática colaborou para que o fogo se expandisse e queimasse uma área maior como ocorreu.

O Divinews inclusive realiza apuração com o 10° BBMMG sobre as queimadas e a fumaça em Divinópolis e sete outras cidades da região Centro-Oeste nos últimos dias. Logo mais será publicado.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!