Polícia Militar e Marinha restringem acesso ao Lago de Furnas


Em continuação às fiscalizações para coibir aglomeração e evitar a disseminação da Covid, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e a Marinha do Brasil realizaram uma operação integrada no balneário Furnas, no centro-oeste mineiro e Sul de Minas, durante o feriado da Semana Santa. O intuito foi coibir encontros e festas clandestinas nas margens e adjacências. (Confira foto no final da matéria)
Da última quinta (01) até a páscoa, no domingo (04), foram realizados patrulhamentos no entorno do reservatório, vistorias em embarcações, notificações a navegadores não habilitados, conforme legislação e uma barreira sanitária foi montada em Formiga – MG, uma das cidades que dão acesso a represa.
Além disso, as pessoas abordadas também foram orientadas com relação aos protocolos relativos à Onda Roxa e a retornarem aos respectivos locais de origem, em respeito aos decretos municipais que proíbem a navegação.
As autoridades informaram que irão apresentar um balanço das fiscalizações ainda nesta segunda-feira (05). A PMMG complementou. “A manutenção das medidas preventivas, como o uso da máscara de proteção, dos cuidados básicos de higiene e a não aglomeração, são fundamentais para evitar a contaminação pelo coronavírus e conter a expansão da doença no estado. ” finalizou.
Foto: Divulgação/PMMG

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!