“Populismo com obra do HR de Divinópolis em cima de 270 mortes de trabalhadores de Brumadinho”, diz Evandro Araújo


O agora apresentador do programa ‘Espaço Aberto’, e ex-diretor de Comunicação da Prefeitura de Divinópolis, Evandro Araújo, em um post no seu Instagram tem o entendimento que estão usando o término das obras do Hospital Regional de Divinópolis, populistamente em cima da indenização que a Vale vai pagar ao Estado pela morte de 270 pessoas vítimas do rompimento da Barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho. (veja post)

Bem. Agora o hospital voltou à pauta do dia, com direito a visitas que começaram e não terminarão facilmente.

Todo mundo querendo aparecer por lá para anunciar o início das obras. Mas é bom deixar claro que não tem dinheiro direto do governo de Minas na conclusão da obra.

O hospital vai ser terminado com o dinheiro arrancado em cima da vida de 270 trabalhadores e de uma destruição inigualável do meio ambiente de Brumadinho e algumas cidades por onde passa o Rio Paraopeba.

Aliás, se fizerem uma inauguração da obra ou qualquer propaganda nesse sentido, estão se promovendo em cima da morte de 270 pessoas.

Na verdade, nem têm o direito de colocar uma placa com o nome deles no prédio. Se tiverem o mínimo de brio na cara, colocarão lá uma placa com o nome das pessoas mortas em Brumadinho.

A obra vai ser finalizada é com o dinheiro que tenta minimizar o sofrimento dessas perdas.

E mais: tem político que gravou vídeo falando que os outros políticos só iam lá pra fazer propaganda e usar a obra com fim eleitoreiro. E agora está lá, usando a obra, em cima da vida de 270 pessoas que morreram.

Espero que todos os políticos tenham a hombridade e a vergonha na cara de não usarem o Hospital Regional como palanque político para 2022.

“Dinheiro desprovido de amor é como sal sem gosto, de nada serve a não ser para ser pisado por pés humanos”.  Martin Luther King Jr.

11 comentários em ““Populismo com obra do HR de Divinópolis em cima de 270 mortes de trabalhadores de Brumadinho”, diz Evandro Araújo

  • 21 de março de 2021 em 17:00
    Permalink

    faou tudo, mas deste quanto politico tem vergonha na cara,

    Resposta
  • 21 de março de 2021 em 16:21
    Permalink

    Meu Caro Evandro, não é populismo, a VALE deu o dinheiro para o ESTADO, e é o DEVER do ESTADO, acabar a obra do Hospital Regional para a População de Divinópolis e Região.
    Você perdeu a chance de ficar CALADO e fazer seu trabalho para ajudar a população ter o Hospital o mais rápido possível, anos passados VOCÊ NÃO fez nada e AGORA também.

    Resposta
  • 21 de março de 2021 em 15:48
    Permalink

    O importante é terminar o hospital o resto é resto!

    Resposta
  • 21 de março de 2021 em 14:37
    Permalink

    Como em todos os seus pronunciamentos, sapiência e ponderação.

    Resposta
  • 21 de março de 2021 em 12:20
    Permalink

    quando eram pedras era fácil. agora que são vidraças cada dia tem um desculpa mais esfarrapada que a outra. antes tudo tinha solução e parecia muto fácil. agora tudo é culpa de alguém menos deles. as verbas parlamentares do irmão viriam todas prá Divinópolis,etc,etc,etc.
    O contrato da copasa seria rasgado, usina de asfalto seria obra prioritária, transcid ou fazia o que iriam mandar ou iria embora,etc,etc,etc.
    Agora tripudiar e tentar ganhar moral como diz o texto acima de
    vidas perdidas de forma horrorosa aí tenha a santa paciência,
    E assim vamo que vamo no reino do Varezópolis dos Azevedópilis.

    Resposta
  • 21 de março de 2021 em 11:09
    Permalink

    Evando Araújo

    O Deputado Federal deve cuidar das coisas FEDERAIS. O hospital e Regional de MG.
    Tem uma rodovia federal que corta o município e não tem atenção do deputado federal.

    Resposta
  • 21 de março de 2021 em 09:42
    Permalink

    Temos que agradecer a Deus pois teremos mais um hospital pra atender a população. Será uma grande obra e qualquer político que esteja na ativa irá usar esta mídia pra aparecer. Esta obra nasceu bem antes da tragédia de Brumadinho. Se vai terminar mesmo utilizando estes recursos, temos que comemorar sim. Os políticos um dia se vão, o hospital ficará para sempre.

    Resposta
  • 21 de março de 2021 em 08:40
    Permalink

    Já estão usando o término do hospital em palanque.
    A dupla de Papagaios barueira, os inrrustidos de políticos, os políticos de momento e aqueles iguais a todos, canalhas, incompetentes e irresponsáveis.

    Resposta
  • 21 de março de 2021 em 07:05
    Permalink

    Ta certissimo vamos acompanhar o Nosso querido MarquinhoClementino tambem com seu vasto conhecimento ira ficar de olho

    Resposta
  • 20 de março de 2021 em 23:33
    Permalink

    É tão redutivo esse tipo de discurso que da até preguiça de responder. Meu Mestre, Evandro Araújo, afinal foi ele que me ensinou muito do que sei, foi o primeiro cara a acreditar em mim quando comecei na comunicação, me decepciona ao fazer uma análise tão superficial sobre algo que foi discutido exaustivamente entre o MP, o Governo Estadual, a ALMG e claro, a Vale. Dentro dos 40 bilhões já está assegurada a indenização que devem para os atingidos. O Zema brigou muito pra indenização ser maior pra melhorar o estado. A Vale queria pagar só 25bi que seria o suficiente para indenizar as famílias e as cidades atingidas. Os outros 15bi extra, foi o governador que acrescentou em uma excelente negociação. Nem um real pra abrir os hospitais regionais veio das quase 300 mortes. Foi a Vale aceitando um acordo para evitar que isso se arrastasse por anos na justiça e os familiares dos atingidos não ficassem décadas brigando por algo que é direito deles. Se quiserem criticar, critiquem, mas não de maneira superficial porque quando as informações reais e os dados aparecerem vão ficar com cara de tacho e vão mostrar porque estão ainda onde estão. Graças a Deus estou em um grupo que só preza pela honestidade, qualidade que andou em falta nas últimas décadas em Divinópolis. Tristeza maior é ver um cara que admiro como o Evandro Araújo se render ao populismo (isso sim é populismo meu caro) só porque na dança das cadeiras não sobrou uma pra ele sentar

    Resposta
    • 22 de março de 2021 em 08:40
      Permalink

      Tenho a mesma linha de raciocinio do silvio, no primeiro estouro de barragem o PILANTREL(PT) fechou um acordo rapidinho de 2.5bi.
      O Zema foi mais esperto conseguiu uma bolada boa da Vale como indenização para o estado junto com a indenização para as familias. um valorzinho de 37bi.
      Não vejo o motivo de tanta reclamação por parte da impressa ou apoiadores do PT, porque usam a bandeira do pobre, necessitado e hospitais publico são para aqueles que possui pouca renda.
      Então porque tanto mimimi.
      A Vale esta dando muito, mais muito dinheiro para o estado e MG nunca viu na historia tanto dinheiro para investimento, vamos sim aproveitar.

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

76  +    =  80