Nova Serrana: Procon multa Copasa em R$ 1,3 milhão por desabastecimento frequente em bairros


O Procon de Nova Serrana instaurou um processo administrativo contra a Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (Copasa), a fim de buscar uma solução junto a empresa para os constantes casos de desabastecimento de água em diversos bairros da cidade e para o mau cheio proveniente da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) instalada próximo ao bairro Gamas.

Além de um abaixo assinado feito pelos moradores de Gamas, o Procon também reuniu no processo documentação referente a denúncias feitas por consumidores e notificações feitas pelo Executivo à empresa. O objetivo foi comprovar a má prestação do serviço público de abastecimento de água bem como o descaso da empresa em não buscar soluções concretas e definitivas para solucionar o problema que se tornou crônico na cidade.

Após a análise de toda a documentação, o Procon definiu que houve uma má prestação do serviço por parte da empresa e, com isso, decidiu aplicar uma multa de R$ 1,3 milhão de reais à Copasa. De acordo com o órgão, esse será destinado ao Fundo do Consumidor gerido pelo Procon.

Um comentário em “Nova Serrana: Procon multa Copasa em R$ 1,3 milhão por desabastecimento frequente em bairros

  • 8 de março de 2021 em 15:03
    Permalink

    Certinho tem que multar sem do’. Aqui Vladimir e seus amigos e copasa ficaram na pizzaria.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

57  +    =  60

PODCAST: escuta essa!!