Preço da gasolina subiu 8,65% nos dois primeiros meses do ano, releva IPTL


Desde maio do ano passado, última vez em que o preço da gasolina apresentou recuo, o valor médio por litro subiu 27,39%

A gasolina já apresentou aumento de 8,65% entre janeiro e fevereiro deste ano, atingindo preço médio nacional de R$ 5,102, de acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL). Só em fevereiro, o combustível apresentou alta de 5,93%. Em dezembro, o preço médio no país era de R$ 4,696.

Segundo o levantamento da Ticket Log, a gasolina ultrapassou a marca de R$ 5 em 20 estados, valor que não era registrado nas médias nacionais desde o início da série histórica do IPTL, em 2011. Desde maio do ano passado, última vez em que o preço da gasolina apresentou recuo, o valor médio por litro subiu 27,39%.

O etanol também registrou o nono aumento consecutivo no último mês. O preço médio do combustível subiu 3,16% em relação a janeiro, e foi registrado a R$ 3,898 nas bombas. No comparativo com o fechamento de dezembro, o avanço foi de 5,58%.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log.

Minas Gerais

Desde 2017, quem abastece em um posto de combustíveis em Minas Gerais paga quase 50% do valor do litro da gasolina em impostos. Essa constatação foi reforçada recentemente, quando os tanqueiros realizaram uma paralização pedindo redução do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos combustíveis, uma vez que, hoje, o consumidor mineiro é o segundo em todo o país que mais paga imposto sobre o combustível.

Divinópolis

Após filas quilométricas nos postos de combustível da cidade, na última semana, para estocagem com combustíveis com uma possível greve, os divinopolitanos terão que se acostumar com a alta dos preços.

De acordo com o Índice de Preços Gaspass, o preço médio da gasolina no município, nos últimos 15 dias, é de R$ 5,59, com o maior preço chegando a quase R$ 6 (R$ 5,90). Já o etanol tem a média de R$ 3,90 e o diesel chega a R$ 4,51.

Em todo o país, caminhoneiros protestam pelo alto preço praticado, principalmente após o aumento do combustível divulgado pela Petrobrás.

*Fonte CNN Brasil.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4  +  1  =