Com recorde de morte no mês de janeiro pontuação da microrregião Divinópolis cai para 14 pontos bem próxima da ONDA VERDE


Estranhamente, mesmo com os casos confirmados de Covid-19 em significativo aumento em todo país, e como Estado de Minas também em ritmo de contágio acelerado. A Macrorregião Oeste e a Microrregião Divinópolis que há cerca de 15 dias estava mais próxima da ONDA VERMELHA do que da ONDA VERDE, e incrivelmente, segundo informações do Comitê Municipal de Enfrentamento a Covid-19 após janeiro ter batido o recorde de 40 óbitos, e fevereiro, até ontem, quinta-feira (11) ter sido registradas 10 mortes, a microrregião com 14 pontos está mais próximo à liberação total ao atingir os 12 pontos da onda Verde.

Embora o Governo do Estado, tenha orientado que os municípios mineiros durante o período de carnaval implementem as medidas restritivas da onda vermelha. O Comitê Municipal de Divinópolis deliberou que só acatará a restrição de realização de eventos públicos e privados de qualquer natureza, entre os dias 12 e 17

O comércio, clubes e demais estabelecimentos, desde que autorizados pela Onda Amarela, podem funcionar normalmente com os regramentos já estabelecidos, de quantitativos de pessoas nos locais, e desde que não promovam eventos típicos das festividades carnavalescas.

Uma pessoa técnica em saúde ao Divinews em confidencialidade afirmou que a baixa pontuação é em consequência de uma “equação” simples de ser entendida. Como aumentaram significativamente a ofertas de leitos/covid, “é logico que os percentuais de ocupação de tais leitos diminuem, e isso tem um peso preponderante na pontuação em relação aos casos e número de mortes registradas”, explicou

Um comentário em “Com recorde de morte no mês de janeiro pontuação da microrregião Divinópolis cai para 14 pontos bem próxima da ONDA VERDE

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!