Professor Otávio Arantes e Mardey Russo são anunciados oficialmente para compor equipe do prefeito eleito de Divinópolis


Otávio Arantes, anunciado como secretário de Cultura, é professor de artes em escola municipal e também estadual, e uma delas é a Escola Professor Ilídio da Costa Pereira, ele leciona na educação básica e especial. Enquanto Mardey Russo apresentado como Diretor de Eventos. Segundo informações de pessoas da área de entretenimento, é um dos sócios da boate Buddha Garden, localizada na Rua Pitangui, que foi alvo de fiscalização no último domingo (06). Ambos foram anunciados neste sábado (12) para compor a equipe de governo do prefeito eleito de Divinópolis, Gleidson Azevedo e da vice-prefeito Janete Aparecida. Claro que, com a sinalização positiva do avalista do Governo, o deputado estadual Cleitinho Azevedo, irmão gêmeo do futuro chefe do Executivo. 

14 comentários em “Professor Otávio Arantes e Mardey Russo são anunciados oficialmente para compor equipe do prefeito eleito de Divinópolis

  • 14 de dezembro de 2020 em 17:17
    Permalink

    Também gostaria de saber o critério que foi usado para a nomeação para este cargo( de grande importância para nossa cidade). Acredito também que foi por ser amigo do prefeito e vice-prefeita. Professor de Arte não é qualificação para assumir um Cargo tão grande como esse. Triste, com tudo isso mesmo. Onde vamos parar? Deus nos proteja. E o Concurso?? Para a Secretária de Educação houve um processo seletivo. E agora??? Qual motivo vocês não fizeram? Qual motivo vocês não agiram da mesma forma?

    Resposta
  • 13 de dezembro de 2020 em 19:48
    Permalink

    Parabéns, Otávio. Acredito e sempre acreditarei no seu trabalho.

    Resposta
  • 13 de dezembro de 2020 em 17:10
    Permalink

    Ser professor de arte não capacita o sujeito pra ser secretário de uns pasta, inclusive, o rapaz é formado há pouquíssimo tempo. Novato, barriga Verde. Os eleitos ainda pegam o namorado de quem recebeu 30.000 de ajuda, sendo uma das escolas de dança mais estruturadas da cidade, que nem da cidade é, pra ser o diretor de eventos. Sinceramente, muita decepção em quem depositei muita confiança!

    Resposta
  • 13 de dezembro de 2020 em 14:40
    Permalink

    Tudo como dantes no quartel de Abrantes.Aos amigos tudo aos inimigos nada.TRISTE COM OS RUMOS DA NOVA ,DIGO VELHA,POLÍTICA.

    Resposta
  • 13 de dezembro de 2020 em 10:11
    Permalink

    Qual foi o critério para escolha?
    A cultura em Divinópolis faliu e vai continuar .Professor de artes,sócio de boate,não são indicadores para gerir um cargo que requer um certo grau de conhecimento. Vai priorizar o que??? Triste com essas escolhas. Vamos Cleitinho dê um jeito nisso.A cultura em nossa cidade não pode ser de barzinho,de boate.Pela nossa história temos tradição de teatros,eventos musicais de boa qualidade.Um bom gestor para a cultura tem que ter conhecimento da história de nossa cidade.Triste ver o museu fechado,o teatro priorizando peças de cunho comercial.Cleitinho socorre ,por favor de nossa arte.

    Resposta
    • 13 de dezembro de 2020 em 16:07
      Permalink

      Cleitinho já deu um jeito , ele e o irmão nomearam o atual secretário para gestão futura, e pior, para ser secretário de obras( quer um lugar melhor para fazer rolo?) Vai vendo

      Resposta
  • 13 de dezembro de 2020 em 09:56
    Permalink

    Meu medo era esse, o prefeito eleito não ter voz ativa.

    Resposta
  • 13 de dezembro de 2020 em 09:54
    Permalink

    Brincadeira assim fica dificil, Janete que tá mandando nesse negócio, o Gustavo que era da Cultura e agora do agronegócios é namorado do melhor amigo dela Maiher Meneses que recebeu 30 mil de auxílio para a cultura. É mole ou quer mais?

    Resposta
  • 12 de dezembro de 2020 em 23:55
    Permalink

    Agradeço a publicação! Fico feliz com a informação e reintero que acredito no papel fundamental que a imprensa imparcial tem sobre o cotidiano da cidade. Mais uma vez agradeço e parabenizo a informação! Quero dizer que sou antes de tudo, um apaixonado por Divinópolis e sei da responsabilidade, quero estar aberto ao diálogo e a construção de políticas públicas. Nossa cidade tem grande Diversidade Cultural e somos um povo com grande legado cultural em Patrimônios que fazem parte da Cultura Material e Imaterial do município. Quero dizer que a Secretaria de Cultura será o reflexo da união, do trabalho, do diálogo dos nossos artistas, fazedores de cultura, servidores e todo protagonismo de nossos cidadão divinopolitanos.

    Resposta
    • 13 de dezembro de 2020 em 16:04
      Permalink

      Parabéns professor Otávio! Conheço seu trabalho. Tenho certeza que fará um excelente trabalho como secretário. Algumas pessoas infelizes e descontentes sempre com palavras pra criticar. Ótima escolha de Gleidson e Janete. Só lembrando aos críticos e ao jornal que NÃO GANHO NADA fazendo elogio e TORCENDO POR DIVINÓPOLIS.

      Resposta
    • 13 de dezembro de 2020 em 22:34
      Permalink

      R E I N T E R O !!!! Meu Deus. Pra onde estamos indo?

      Resposta
  • 12 de dezembro de 2020 em 17:44
    Permalink

    O secretário de Cultura é o professor do filho da Janete.

    Resposta
    • 13 de dezembro de 2020 em 01:59
      Permalink

      Que ótimo, sinal de que ela conhece a competência dele. Otávio é um excelente profissional. Nossa Cultura está em boas mãos.

      Resposta
    • 13 de dezembro de 2020 em 08:08
      Permalink

      Bom dia! Não foi vcs que disseram q ia ocorrer concurso na prefeitura pra haver nomeação?

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

64  +    =  66