PESQUISA em Pedra do Indaiá aponta que ITAMAR José da Costa (PSDB) com 43,5% seria eleito prefeito se a eleição fosse hoje

Publicado por: Redação

De acordo com a pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Data Dados, entre os dias 8 e 11 de novembro, entrevistando 306 eleitores, o candidato a Prefeito de Pedra do Indaiá, ITAMAR JOSÉ DA COSTA e seu vice VANDER LUCIO estariam eleitos com 43,5% das intenções de votos –  MATEUS Marciano dos Santos (Solidariedade) tem 32,7% e CLÁUDIO Gonçalves Coelho (PTB), 14,1% ; Votos brancos e nulos seriam 2,5% e não sabem ou preferiram não opinar, são 7,2% dos eleitores.

A margem de erro máxima foi de 4,49 pontos percentuais para mais ou para menos, e com um intervalo de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número MG-09183/2020.

Continua depois da publicidade

Visualizar Pesquisa Eleitoral – MG-09183/2020

PEDRA DO INDAIÁ – MG

Número de identificação: MG-09183/2020 Data de registro: 08/11/2020
Cargo(s): Prefeito Data de divulgação: 14/11/2020
Empresa contratada/ Nome Fantasia: CNPJ: 28492188000151 – DATA DADOS PESQUISA E OPINIAO PUBLICA EIRELI / DATA DADOS PESQUISA DE MERCADO Eleição: Eleições Municipais 2020
Entrevistados: 306 Data de início da pesquisa: 08/11/2020
Data de término da pesquisa: 11/11/2020 Estatístico responsável: Lígia Maria de Oliveira Maia
Registro do estatístico no CONRE: 10294 Valor: R$ 10.700,00
Contratante é a própria empresa? Sim (Nota fiscal não exigida)

 

Contratante(s):  CNPJ: 28492188000151 – DATA DADOS PESQUISA E OPINIAO PUBLICA EIRELI
Pagante(s) do trabalho:  CNPJ: 28492188000151 – DATA DADOS PESQUISA E OPINIAO PUBLICA EIRELI

 

Metodologia de pesquisa:
Pesquisa não probabilística por cotas que que consiste na realização de entrevistas pessoais, com a aplicação de questionário estruturado junto a uma amostra representativa do eleitorado em estudo. Divide a população em grupos de forma exaustiva (todos os indivíduos estão em um grupo) mutuamente exclusivos (um indivíduo só pode estar em um único grupo), considerando como base da divisão as variáveis sociodemográficas: Localidade, Gênero e Faixa etária.
Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro:
Representativo do eleitorado da área em estudo, os respondentes são selecionados através de cotas amostrais proporcionais em função de variáveis significativas, a saber: LOCALIDADE: Urbana (53,0%); Rural (47,0%); SEXO: Feminino (52,5%); Masculino (47,5%); IDADE/FAIXA ETÁRIA: 16 (masculino: 0,08%), (feminino: 0,08%); 17 (masculino: 0,26%), (feminino: 0,27%); 18-20 (masculino: 2,21%), (feminino: 2,29%); 21-24 (masculino: 4,09%), (feminino: 4,25%); 25-34 (masculino: 10,02%), (feminino: 10,68%); 35-44 (masculino: 9,96%), (feminino: 10,86%); 45-59 (masculino: 11,63%), (feminino: 12,97%); 60-69 (masculino: 5,20%), (feminino: 6,07%); 70-79 (masculino: 2,64%), (feminino: 3,27%); Superior a 79 (masculino: 1,36%), (feminino: 1,80%); O nível de confiança estimado é de 90% aproximadamente e a margem de erro máxima estimada considerando um modelo de amostragem aleatório simples, é de 4,49 pontos percentuais aproximadamente para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. FONTE DOS DADOS: Censo 2010 | TSE 2020.
Sistema interno de controle e verificação, conferência e fiscalização da coleta de dados e do trabalho de campo:
A coleta de dados é acompanhada in loco por supervisores de campo. Após os trabalhos de campo os questionários são avaliados, codificados e digitados. São selecionados aleatoriamente 20% (vinte por cento) dos questionários para uma verificação posterior com ligações telefônicas para os números indicados nos formulários. Em caso de dúvida, o formulário é descartado e o entrevistador chamado para esclarecimentos.
Dados relativos aos municípios e bairros abrangidos pela pesquisa. Na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada a pesquisa(conforme §7º. do art. 2º. da Resolução-TSE nº. 23.600/2019, A partir do dia em que a pesquisa puder ser divulgada e até o dia seguinte, o registro deverá ser complementado, sob pena de ser a pesquisa considerada não registrada; na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada):
A área de abrangência da coleta é o Município de Pedra do Indaiá, no Estado de Minas Gerais. A relação das localidades selecionadas para aplicação da amostra será apresentada até o 7º dia seguinte ao registro da pesquisa, conforme expresso no art. 2º, §6º da Resolução 23.600/2019 do TSE.

 

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região
Continua depois da publicidade