Justiça Eleitoral julga improcedentes representações contra candidato a prefeito de Divinópolis, feitas por candidato a vereador


A justiça Eleitoral considerou improcedentes as acusações contra o candidato a prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo, irmão do Deputado Cleitinho, e também contra sua candidata a vice-prefeita Janete Aparecida, feitas pelo candidato Olinto Guimarães Neto, ex-assessor do atual vice-prefeito de Divinópolis – O advogado fez duas representações na Justiça Eleitoral contra as candidaturas de Gleidson e Janete. Uma delas por propaganda eleitoral antecipada (postagem nas redes sociais do Cleitinho apresentando Gleidson como pré-candidato) e outra por propaganda eleitoral irregular (uso da bandeira do Município de Divinópolis em material de campanha).

Na primeira representação Olinto requereu multa de 20 mil reais para Gleidson Azevedo e mais 20 mil reais para o Deputado Cleitinho Azevedo, além da exclusão da publicação nas redes sociais. Já no segundo processo, foi pedido aplicação de multa de 10 mil reais e destruição de todo o material de campanha bem como exclusão das postagens em redes sociais.

Ambas ações foram rejeitadas pelo Juiz Eleitoral, Dr. Francisco de Assis Corrêa que julgou que não houve nenhuma violação à Lei Eleitoral. Olinto Guimarães Neto já havia feito postagens negativas em redes sociais contra o Deputado Cleitinho.

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!