Divinópolis: Trânsito na Rua São Paulo é confuso e perigoso para transeuntes; placas de sinalização deixam dúvidas


Em entrevistas realizadas pelo Divinews com alguns comerciantes e transeuntes, o trecho reformado entre a Avenida primeiro de Junho e a Getúlio Vargas, na Rua São Paulo que foi aberta para a passagem de veículos de pequeno porte, além de estar  confuso o seu acesso, com placas de interpretação dúbia para os motoristas está  também perigo para os pedestres que transitam no local tranquilamente, sem perceber a aproximação de veículos. Estão ainda questionado a necessidade de trânsito no local.

Uns dizem ser totalmente desnecessário, já que a Rua Rio de Janeiro, tem mão dupla que liga a Getúlio Vargas, subindo e descendo em direção a Avenida primeiro de Junho, e que tal trecho é utilizado tanto pelo SAMU, quanto para o Serviço do Luto, que ficam localizados no quarteirão abaixo, entre a Getúlio Vargas e a Rua Oeste de Minas. E logo a seguir, tem a Rua Minas Gerais que desce da Avenida Primeiro de Junho para a Getúlio Vargas.

Os comerciantes avaliam que não há  nenhuma necessidade de existir uma pequena via de transito para veículos leves, que lá  poderia ser só Praça, como existe no trecho na parte de cima da mesma rua,  entre a Avenida Antônio Olímpio e a Primeiro de Junho.

O transito está colocando em risco os transeuntes que desacostumado com o tráfego no lugar ficam na frente dos veículos. Entre outros problemas, desembarque e embarque de pessoas que vão ao banco do Brasil.

Joe, Gerente do shopping UAI fala sobre os  problemas na área

 

O secretário de Trânsito, Marcelo Augusto, ao Divinews afirmou que enviará agentes de trânsito para ficar no local até que os transeuntes se acostumem com a dinâmica. Ele concordou também que é preciso rever a sinalização das placas que dá dúbia interpretação se pode ou não virar à esquerda na Rua São Paulo, quando o veículo está na Avenida Primeiro de Junho.

Placa de sinalização com símbolo de proibido convergir a esquerda, com texto de “permitido para veiculos leves e transportes de valores”

Placa com simbolo de que é proibido carro forte, caminhões, quando na placa anterior é dito que carros fortes podem convergir a esquerda. Enfim, uma confusão de sinalização. 

Via de acesso para veículos, totalmente desnecessária

PODCAST: escuta essa!!