Vacinação contra Influenza passa a ser estendida à toda população


A vacinação contra a gripe Influenza a partir desta quarta-feira (01), seguindo a recomendação do Ministério da Saúde e enquanto durarem os estoques da vacina na Secretaria de Saúde de Divinópolis, deixou de ser restrita a um determinado grupo e foi liberada para qualquer idade. Para vacina é preciso da carteira de vacina e documentos pessoais, além do uso obrigatório de máscaras nas unidades – A campanha foi dividida em fases para atender os grupos prioritários: pessoas com 55 anos ou mais, trabalhadores de saúde, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, motoristas do transporte coletivo. 

Além de gestantes, puérperas, crianças entre 6 meses e menores de 6 anos, pessoas de 6 a 59 anos com doenças crônicas ou deficiências e professores de escolas públicas e privadas.  A escolha do público prioritário no Brasil segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) por serem grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. A vacina é a forma mais eficaz de evitar a doença.

A orientação é que as pessoas liguem previamente ao local para verificar a disponibilidade da vacina. A dose não imuniza contra a Covid-19, mas ajuda a combater a pandemia, diminuindo as internações por influenza e auxiliando no diagnóstico do coronavírus, já que as duas doenças têm sintomas parecidos.

“Estar vacinado também ajuda a reduzir a sobrecarga nos serviços de saúde, já demandados por conta da epidemia do novo coronavírus”, ressalta o Secretário de Saúde, Amarildo Sousa.

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!