Samu Oeste realiza cerca de 4 atendimentos por dia relacionado ao Coronavírus


Com a chegada do novo coronavírus em Divinópolis, em março, a rotina do Samu vem se transformando de maneira radical. Até a explosão de casos da Covid-19 na cidade, os profissionais dedicavam boa parte de seus esforços atendendo vítimas de acidentes de trânsito, de violência urbana ou casos de enfermidades abruptas, como infartos ou paradas respiratórias. Mas, desde o dia 18 de março, início do isolamento, os casos de Covid vem assumindo o protagonismo nos atendimentos, chegando em 235 ocorrências, uma média de quatro atendimentos por dia.

No último mês, a Central de Atendimentos registrou 91 ocorrências relacionadas ao Covid-19 e, até nessa quinta-feira (10), os socorristas atenderam mais 22 chamados com suspeita do vírus. Com isso, o Samu intensifica as ações para dar suporte aos sistemas de saúde na pandemia.

A Central de Regulamentações realiza procedimentos para tentar identificar suspeitos do vírus antes do empenho das equipes, uma vez que tanto para casos confirmados, quanto para suspeitos, é usada uma paramentação especial para a realização do atendimento pelos socorristas.

Por isso, é preciso que as pessoas passem todas as informações necessárias ao ligar para a central do Samu. Para que ambulâncias e equipes especializadas para atender suspeitas de coronavírus, façam o procedimento adequado, e, a omissão de síndromes gripais faria com que a equipe enviada fique mais suscetível à contaminação.

De acordo com a Prefeitura, em último boletim epidemiológico divulgado, Divinópolis está com 112 casos confirmados, 937 pacientes em isolamento domiciliar e 13 pessoas no CTIs.

 

Por: Luisa Henriques (DIVINEWS)

 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!