“Aliança pelo Brasil não fica cem por cento pronto para as eleições em outubro”, diz presidente do PSL em Divinópolis


A avaliação de que o partido que está sendo criado por Bolsonaro, o “Aliança pelo Brasil” não conseguirá ser registrado em tempo hábil para disputar as eleições de 4 de outubro, foi feita por Fernando Malta, presidente do Partido Social Liberal (PSL) e também pelo vice-presidente da legenda em Divinópolis, Leonardo Faria, ao editor do Divinews em um evento da CDL que ocorreu na noite desta última quinta-feira (06)  – Para o Aliança se viabilizar efetivamente como partido são necessárias 492 mil assinaturas que precisam ser autenticas pela Justiça Eleitoral – Fernando e Leonardo dizem que, mesmo com o auxílio das igrejas evangélicas que estão empenhadas em conseguir milhares de assinaturas, o fato é que, é preciso a autenticação de todas as 492 mil assinaturas, e isso é bastante difícil, segundo eles, não fica cem por cento pronto para as eleições.

 

Legenda foto: Leonardo Faria, Geraldo Passos, Fernando Malta

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!