Presidente da Câmara de Divinópolis com “receio” de reação de vereador acata rapidamente sobrestamento de 45 dias do projeto do IPTU


O presidente da Câmara de Divinópolis, Rodrigo de Almeida Vasconcelos Kaboja, há algum tempo vem demonstrando fragilidade e apatia na condução dos trabalhos legislativo, tanto é que, em quase todas as sessões, é o vice-presidente da Casa, Marcos Vinicius quem preside a maior parte do tempo das reuniões ordinárias. Kaboja normalmente só aparece para abrir os trabalhos e no final, para a votação dos projetos. Costumeiramente se ausenta na maior parte do tempo que os vereadores fazem uso da tribuna para se pronunciarem. E tal comportamento tem sido alvo de críticas não apenas por seus pares, mas pela população que acompanha os trabalhos legislativos – E nesta terça-feira (29), durante a discussão do projeto EM-081-2019, em que poderia ter sido votado o reajuste da planta genérica de valores do IPTU, Kaboja causou grande descontentamento, ao rapidamente, como sempre tem feito quando envolve o vereador Edson Sousa, acata suas demandas no plenário imediatamente.

Na discussão da matéria do projeto que reajusta a planta genérica de valores do IPTU, que causa tantas injustiças sociais, penalizando os mais pobres em detrimentos dos mais ricos, que pagam valores fora da realidade, Kaboja aceitou de imediato o pedido de sobrestamento (adiamento) da votação da matéria por 45 dias, feita pelo vereador Edson Sousa, sem dar tempo que o vereador Eduardo Print Junior, solicitasse um pedido de sobrestamento menor do que foi pedido por Edson.

É preciso entender que, quando um projeto está sendo discutido, o presidente precisa esgotar todas as possibilidades junto aos parlamentares, concedendo-lhes a palavra até que o prazo menor prevaleça. Porém, tem sido uma constante Kaboja decidir rapidamente, sem exaurir o tempo necessário à discussão da matéria. E os vereadores, quer sejam da oposição ou situação por vezes tem reclamado do estilo “the flash” do chefe do Legislativo.

Na discussão deste projeto, inicialmente Print Junior tinha pedido “até 60 dias”. Contudo, tal prazo não significa que demoraria os tais 60 dias, a palavra “até”, denota claramente isso. Porém, como a intenção de Edson Sousa, é que o projeto seja rejeitado definitivamente neste ano, e com isso a prefeitura não consiga praticar o reajuste em 2020. O Edil reclamou do pedido do vereador Print Junior, e reduziu para 35 dias. Não por que ele (Edson) esteja preocupado com a aprovação do projeto, e que a arrecadação do município aumente em 2020, e ela consiga para os salários dos servidores e honrar compromissos com os fornecedores, mas sim que o projeto seja rejeitado pelos vereadores, tudo em um jogo político para as eleições de outubro de 2020. Ou simplesmente por revide pessoal.

O fato é que, no caso especifico do vereador Edsom Sousa, ele quer ver mesmo é o circo pegar fogo, o seu alvo não é a preocupação com o povo, com os menos favorecidos, como ele apregoa. As explicações já foram dadas pelos técnicos da prefeitura, diz um vereador.

 

2 comentários em “Presidente da Câmara de Divinópolis com “receio” de reação de vereador acata rapidamente sobrestamento de 45 dias do projeto do IPTU

  • 31 de outubro de 2019 em 10:00
    Permalink

    Isso é só jogada, já que vereadores fizeram CPI do IPTU, cadê os resultados e as punições, de servidores e proprietários milionários que pagam 0,08 centavos de IPTU dos seus imóvel.

    Não é assim querendo ferrar toda a população e principalmente os que compraram pela CAIXA, que esses são atualizados na hora do registro, que pagam prestação alta do financiamento absurdo e mais o IPTU já com o valor atualizado.

    Vão votaram esta MERDA no finalzinho de Ano 2019 na CALADA, mais 2020 tá ai, vão tudo se ferrar.

    Resposta
  • 29 de outubro de 2019 em 20:37
    Permalink

    Qui postura de um presidente. Deitado na cadeira. Aproveita mesmo senhor kaboja, Ademir não ganha mais não, e você muito menos, já não teve votos suficientes para seu mandato, Ademir que te puxou. Tá fudido.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  2  =  8