Por fiscalização, “Homem Estátua” não quis se mexer e foi preso; causando grande confusão no centro de Divinópolis


Um homem que fazia o trabalho de “camelô de autoimagem” que trabalhava como estátua na Avenida Primeiro de Junho, quase esquina com a Rua Goiás, durante uma blitz dos fiscais de código de posturas do município, ao ser solicitado que saísse do local, ele se recusou, fazendo com que os fiscais chamassem o reforço da Policia Militar, o que causou uma grande confusão nas imediações, com a chegada de várias viaturas. E mesmo assim ele ao se recursar foi preso por desacato a autoridade – O Divinews confirmou oficialmente a prisão através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Políticas Urbanas de Divinópolis – As redes sociais (Manchetes e Noticias), imediatamente divulgaram o fato no momento em que ele acontecia.

Somente agora, mais de 20 horas depois da noticia  ter viralizado de forma negativa para a imagem do Governo, é que a Prefeitura de Divinópolis, através da Diretoria de Comunicação vem a publico explicar o que de fato teria acontecido. Segundo o diretor Evandro Araújo, em um curta nota, afirmou que “houve uma abordagem normal, como qualquer outra no caso de irregularidade na via pública. Porém o rapaz, então desacatou os fiscais, chegando a cuspir no rosto de um deles, além dos impropérios que foram disparados pelo homem estátua. Foi então que foi dada voz de prisão para ele”.

 

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!