Servidores que compareceram à Câmara de Divinópolis em apoio ao Prefeito estavam fora do horário de trabalho


Segundo informações da secretária de Administração, Orçamento e Informação, Raquel Freitas, todos os servidores que compareceram na sessão extraordinária na manhã desta quinta-feira (27), quando foi votado e rejeitado a admissibilidade de um impeachment político do Prefeito Galileu Machado, estava fora do horário de trabalho que começaria somente às 12 horas, e a sessão foi encerrada bem antes deste horário; e os demais servidores que estão lotados no Pátio, que cumprem expediente integral, solicitariam o corte do ponto durante as horas paradas, pois fizeram questão de acompanhar a votação, em apoio ao prefeito Galileu Machado.

A secretária ao ser consultada pelo Divinews sobre a presença dos servidores, na Casa Legislativa, aproveitou para lamentar que estejam fazendo politicagem de uma situação que o próprio Legislativo já analisou, e em um relatório preliminar concluiu que não houve dolo por parte do chefe do Poder Executivo. Lamentou também a falta de compromisso de alguns membros do Legislativo com a população a medida que deixam de votar projetos importantes para a cidade mesmo cientes da importância dos mesmos.

Disse ainda que, Galileu Machado em seu 4º mandato, na história do município, foi o prefeito que mais realizou obras na cidade, que 80% de tudo que temos aqui foi viabilizado nos seus governos. Escolas, postos de saúde, quadras esportivas, pontes, complexo cultural (escola de música e teatro gravata), pavimentação e saneamento dentre outras coisas, basta olhar em sua região! Sempre priorizou a população carente e o campo! O que acontece neste momento é que se abateu uma enorme crise que não ocorre somente em Divinópolis, mas em outros municípios também. Em consequência da falta de repasse do Estado. E que tem a expectativa que, com as mudanças dos governantes, tanto no nível federal quanto no Estado, em breve as finanças do município entre nos trilhos, e exemplificou, como foi divulgada hoje pela Secretaria de Fazenda, que existe uma dívida do Estado com a cidade de R$ 102,5 milhões.

 

 

2 comentários em “Servidores que compareceram à Câmara de Divinópolis em apoio ao Prefeito estavam fora do horário de trabalho

  • 31 de dezembro de 2018 em 19:24
    Permalink

    ela num é comissionada? por isso que o defende… kkkkkkkk

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7  +  2  =  

PODCAST: escuta essa!!